Fortaleza recebe Figueirense para ampliar vantagem na liderança
Foto: Divulgação/Fortaleza

Fortaleza recebe Figueirense para ampliar vantagem na liderança

Depois da derrota para o Goiás no último sábado (1º), no Serra Dourada, Tricolor cearense quer voltar às vitórias

miguel-angelo
Miguel Inácio
FortalezaMarcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Ligger e Bruno Melo; Derley, Felipe, Dodô, e Marlon; Éderson e Gustavo (Douglas Coutinho). Técnico: Rogério Ceni
FigueirenseDenis; Matheus Ribeiro, Cleberson, Eduardo Bauermann e João Paulo; Betinho, Matheus Sales, Renan Mota e Gustavo Ferrareis; Elton e Juninho. Técnico: Milton Cruz
ÁRBITRORonei Candido Alves, auxiliado por Magno Arantes Lira e Luiz Antônio Barbosa
INCIDENCIASpartida válida pela 25ª rodada da Série B, realizada no Castelão, em fortaleza

Ainda isolado na primeira colocação, o Fortaleza enfrenta o Figueirense na noite desta terça-feira (4), às 21h30, no Castelão. Após o revés na última rodada, jogando contra o Goiás, no Serra Dourada, o Tricolor de Aço quer voltar a vencer. Já o Figueira, luta uma disputa acirrada por uma das vagas no G4 da Série B.

A campanha do Fortaleza nesta Série B dispensa comentários. Líder absoluto desde a 5ª rodada, o Leão do Pici sustenta vantagem de seis pontos para o vice-líder, CSA, e de nove pontos para o quinto colocado, Guarani. O recorte recente mostra problemas. O Tricolor cearense saiu de uma sequência de seis jogos de invencibilidade, somando quatro vitórias, para outra de duas derrotas e uma vitória nas últimas três partidas. Porém, acumula uma sequência sem derrotas nos últimos quatro jogos em casa: três vitórias e um empate.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

O Figueirense ronda o G4 da Série B numa disputa complicada. A dois pontos do 4º colocado, Avaí, o Alvinegro ocupa a 6ª colocação com 37 pontos. Coincidência ou não, são os mesmos 37 pontos de outras três equipes entra a 5ª e a 8ª colocação: Guarani, Atlético-GO e Vila Nova. A sequência do Figueira, porém, é oposta à do Fortaleza. Conseguiu escapar de uma fase de onde vinha de quatro partidas sem vencer (dois empates e duas derrotas), para emplacar três jogos invicto, com direito a duas vitórias. A última, contra o rival, Avaí, em plena Ressacada.

“Só a vitória interessa”

Para os planos do Fortaleza, o retrospecto já conta vantagem. Na era dos pontos corridos pelas Séries A e B, o Figueirense nunca venceu nos domínios do Tricolor. São duas vitórias dos cearenses e dois empates jogando em casa. Contando todas as partidas, o Leão do Pici também leva vantagem, mas por pouco. São três vitórias Tricolores, quatro empates e duas vitórias Alvinegras.

O atacante Éderson comentou a importância do embate contra os catarinenses e a dificuldade de enfrentar uma equipe que também briga nas posições de cima do campeonato.

“O Figueirense vem buscando o retorno para o G-4 e venceu o clássico com o Avaí no último final de semana. Vai ser um jogo muito complicado diante de uma equipe motivada. Vamos procurar ter atenção máxima para vencermos diante do nosso torcedor. Só a vitória interessa para o nosso grupo”, disse.

Mês da virada?

Setembro acabou de começar e o clima já mudou no Figueirense. Especialmente porque o mês de agosto marcou uma sequência ruim de apenas uma vitória em seis jogos para o Alvinegro. O cenário só veio começar a mudar nos últimos dias de agosto, e setembro já emplacou maior otimismo para o Figueira, com direito a vitória no Clássico de Florianópolis na casa do rival. O técnico, Milton Cruz, comemorou a chegada do novo mês.

“O mês de agosto foi triste para nós. Pessoal fala que agosto é mês do desgosto, do cachorro louco... não via a hora de virar o mês. Começamos bem setembro, com o pé direito. O que tinha que acontecer de ruim já aconteceu”, comentou.

Desfalques no Leão

Bruno Melo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo na derrota contra o Goiás, é desfalque no Fortaleza e deve ser substituído por Leonan. No ataque, Gustavo é dúvida por causa de uma lombalgia. Douglas Coutinho deve substituí-lo em caso de ausência. Também desfalcam o Tricolor Nenê Bonilha, Marcinho e Wilson, lesionados. O goleiro Matheus Inácio tem situação mais grave. Lesionou o ligamento cruzado do joelho esquerdo e não deve voltar a atuar este ano.

Tranquilidade no Furacão

Milton Cruz não confirmou a escalação do Figueirense para a partida, mas o time não deve sofrer muitas mudanças em relação à equipe que venceu o Avaí na última rodada. O único desfalque do Alvinegro catarinense é o volante Zé Antônio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Pereira deve ser seu substituto. O Figueira terá ainda a volta de Nogueira, zagueiro que cumpriu suspensão na última partida e deve voltar na vaga de Eduardo Bauermann.

VAVEL Logo

    Fortaleza Esporte Clube Notícias

    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há 2 meses
    há 2 meses