Brasil de Pelotas vence Ponte Preta fora de casa e respira na tabela da Série B
Foto: PontePress/Fabio Leoni

Brasil de Pelotas vence Ponte Preta fora de casa e respira na tabela da Série B

Time do sul do país vence fora de casa e pode ficar fora da zona de rebaixamento; Ponte perde mais uma em casa

vv_cunha
Victor Cunha

Na última terça-feira (25), a Ponte Preta recebeu, no Moisés Lucarelli, o Brasil de Pelotas e saiu, mais uma vez, derrotada de campo. Com um gol de Welinton Júnior, o xavante venceu fora de casa e levou os três pontos. Com a vitória, a equipe do sul do Brasil  escapa momentaneamente da zona da degola, ficando com 34 pontos e em 15º lugar, torcendo contra Paysandu, Juventude e CRB, que ainda jogam na 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Já a Ponte, que não vence há oito jogos, continua na 11ª posição, com 37 pontos. Mas a macaca ainda torce contra Coritiba e Criciúma, que podem a passar na tabela. 

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

Brasil de Pelotas sai na frente fora de casa

O jogo entre Ponte e Brasil foi truncado, com poucas chances e muito do jogo focado pelo meio. Por conta disso, as equipes se anulavam em campo, não conseguindo chances claras. A primeira mais clara foi em um chute cruzado de Michel, após a defesa da Ponte afastar mal a bola.

A partir dos 30 minutos, o jogo esquentou para ambos os lados. Aos 33, em uma falta muito próxima da área, João Vitor colocou a bola por cima da barreira, mas mandou pra fora, também por cima do gol. Aos 34 aconteceu a melhor chance da macaca no jogo. Roberto recebeu um belo cruzamento da esquerda e cabeceou para o chão, no canto esquerdo do goleiro Marcelo, que fez um milagre.

Aos 37 minutos, em um contra ataque que começou em um chutão, Diego Miranda conseguiu um bom passe para Welinton Júnior, que bateu cruzado, no alto, na saída de Ivan, que não teve chances de chegar na bola, assim abrindo o placar para o Brasil de Pelotas.

Ponte tenta ir pra cima mas perde mais uma

Com as substituições feitas por Chamusca a Ponte Preta deveria ter ido mais pra cima e tido mais chances para empatar o jogo, ou até conseguir a virada. Mas foi exatamente o contrário que aconteceu. Dentro do 2º tempo, a Ponte teve apenas duas grandes chances de gol.

Uma delas aconteceu aos 11 minutos. Em um lance de jogo perigoso, a Ponte conseguiu uma falta em dois lances quase dentro da pequena área. João Vitor rolou pra trás e Danilo Barcelos bateu forte, mas mandou por cima do gol, sem perigo para o goleiro Marcelo.

A segunda foi aos 38 minutos, quando Matheus Vargas bateu de muito longe e a bola passou raspando o travessão, assustando o goleiro Marcelo, que nem pulou na bola.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

A Ponte Preta volta aos gramados no próximo sábado (06), às 18h30, quando recebe no Moisés Lucarelli o CRB. Já o Brasil de Pelotas joga na sexta-feira (05), às 20h30, no estádio Bento Freitas, onde joga contra o Fortaleza.

VAVEL Logo