Em momentos opostos, América-MG recebe Cruzeiro no Independência
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Vivendo momentos opostos, América e Cruzeiro entrarão em campo no Independência, valendo por mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo será às 17 horas. 

A situação do América é crítica. O time americano perdeu força nas últimas rodadas e não sabe o que é vencer há oito jogos. Tamanha irregularidade fez com que o Coelho caísse algumas posições na tabela e observasse os rivais na parte baixa da classificação piscando farol e aparecendo no retrovisor pedindo passagem. 

Vencer o Cruzeiro tornou-se algo de suma importância. Já o time cinco estrelas, sem maiores preocupações para o restante da temporada, a não ser estudar o elenco para 2019, pode-se dar ao luxo de entrar apenas pelo compromisso de jogar. 

O time do técnico Mano Menezes não pontua bem no Campeonato Brasileiro e enfrenta grandes oscilações. Com parte da temporada cumprida, com o título da Copa do Brasil e a vaga na Libertadores de 2019, cabe ao clube celeste terminar bem o ano e com saldo positivo. 

Adilson Batista tem dúvidas e não revela o time

A situação do América não permite mais erros e nem que o jejum de oito jogos sem vencer seja ampliado. Com este pensamento, o técnico Adilson Batista trabalhou a semana tentando driblar os possíveis desfalques e montar o time para encarar o Cruzeiro.

De início, Adilson não contará com o meia Gerson Magrão e o atacante Aylon, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Em contra-partida, ganhou as presenças do volante Juninho e do meio-campo Matheusinho, que recuperaram de lesões na reta final dos treinos para o clássico. 

Mano Menezes deve colocar força máxima em campo

Com a semana toda para trabalhar o time, fato que não ocorria há um bom tempo devido aos compromissos com outras competições, o técnico Mano Menezes tem quase todo o elenco a disposição para o jogo contra o América.

Os desfalques ficam por conta do zagueiro Murilo, lesionado no ombro, e do atacante Sassá, que ainda cumpre suspensão imposta pelo STJD. As dúvidas são os meias Rafinha e Bruno Silva e o atacante Fred, entregue a atividades físicas. 

A novidade é o retorno do meia Thiago Neves, ausente do último jogo celeste contra o Paraná Clube. Não há um time definido, mas a base conhecida pelo torcedor deve ser mantida para hoje. 

VAVEL Logo