Jandrei quer encarar "cada jogo como uma final" para tirar a Chapecoense do Z-4
Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

Jandrei quer encarar "cada jogo como uma final" para tirar a Chapecoense do Z-4

Goleiro completou 100 jogos pelo Verdão na derrota para o Bahia

gustavomilioli
Gustavo Milioli

Faltando seis jogos para o fim do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense aparece na penúltima posição, com 34 pontos. Situação delicada para o clube, que reflete no discurso dos jogadores. Titular da meta verde e branca desde 2017, o goleiro Jandrei, que recém completou 100 jogos, disse que o foco está mais em tirar a equipe catarinense da situação delicada, do que em conquistas pessoais.

"Uma marca importante. Todo jogador fica feliz de completar 100, 150, 200 e assim por diante. Infelizmente foi com uma derrota, não deu para comemorar muito como queria. É uma marca pessoal, mas temos que pensar primeiramente no grupo, no contexto geral, no que estamos vivendo. É pensar em sair da zona para ficar mais tranquilo", afirmou o arqueiro de 25 anos.

Como inspiração para evitar a queda, Jandrei se espelha na trajetória da última temporada, quando a Chape conquistou a classificação para Libertadores na 38ª rodada. Nesta reta final, cada jogo precisa ganhar caráter de decisão.

"Temos que buscar no nosso trabalho, confiando um no outro, buscando no ano passado, quando nos últimos jogos tivemos uma sequência boa e conseguimos vaga à Libertadores. A gente sabe que é possível, tem que jogar cada jogo como se fosse uma final", frisou.

No próximo compromisso, a Chape de Jandrei encara o Santos, fora de casa. No Pacaembu, apenas a vitória interessa aos catarinenses para tentar deixar o Z-4 para trás. A partida está marcada para segunda-feira (12) , às 20h (de Brasília).

VAVEL Logo

Associação Chapecoense de Futebol Notícias

há 5 dias
há 6 dias
há 13 dias
há 15 dias
há 19 dias
há 20 dias
há 21 dias
há 22 dias
há 22 dias
há 23 dias