Na Argentina, Fortaleza perde chances e é derrotado pelo Independiente na Sul-Americana
Foto: Divulgação / Fortaleza E.C

Na noite desta quinta-feira (13), no Estádio Libertadores de América, o Fortaleza fez sua estreia numa competição internacional fora de casa contra o Independiente, tradicional equipe argentina, pela Copa Sul-Americana. Após dominar a primeira etapa com as melhores chances, leão sofre gol na segunda etapa e precisará reverter o placar jogando no Castelão. Gol dos argentinos foi marcado por Leandro Fernández.

Para o jogo, o Fortaleza contou com o apoio de seus torcedores, que viajaram até a argentina para ver e apoiar a equipe fora de casa. O Independiente precisava vencer para diminuir a pressão sofrida após sair derrotado no último jogo pelo seu rival Racing, no Clássico de Avellaneda.

Leão feroz

Apesar de jogar fora de casa, o Fortaleza iniciou o jogo sem sentir a pressão e teve as melhores chances da primeira etapa. Logo no início do jogo, aos 6’, Osvaldo limpou a marcação e chutou encobrindo o goleiro Campaña. Já aos 35’ foi a vez de David desperdiçar mais duas grandes chances para o tricolor. Após falha da defesa argentina, Osvaldo fez belo lançamento para o atacante, que finalizou a primeira vez em cima do goleiro e no rebote mandou por cima do gol.

O jogo esquentou quando, ao 35’, as duas equipes tiveram um jogador expulso, cada. Sanchez Miño, que já havia recebido cartão amarelo, se desentendeu com o zagueiro do Fortaleza, Juan Quintero. O atleta tricolor empurrou o adversário e ambos foram expulsos, o zagueiro de forma direta.

Quem não faz, leva!

O famoso ditado futebolístico não podia ser mais verdadeiro. Logo aos 5’ da segunda etapa, o Independiente abriu o placar com Leandro Fernández. O atacante aproveitou a troca de passes do time da casa e finalizou com força, sem chances para Felipe Alves. Após sofrer o gol, o Fortaleza seguiu atacando, mas não era noite do ataque leonino.

Mais chances de gols foram desperdiçadas por Osvaldo e cia. Uma delas, de maneira inacreditável. Romarinho, já sem goleiro e de frente para o gol, errou o chute, que parou nas mãos de Campaña, ainda caído na jogada. Com a derrota por 1 a 0, o Leão segue vivo, mas precisará reverter o resultado jogando no Castelão, no dia 27.

VAVEL Logo