Jorginho destrincha atuação do Coritiba na vitória sobre o Vasco
Foto: Reprodução/Coritibaoficial

Na tarde deste domingo (20), o Coritiba venceu por 1 a 0 o Vasco, no Couto Pereira, com gol de pênalti convertido pelo atacante Robson, pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. A vitória tirou por um momento a equipe curitibana da zona de rebaixamento. Visando esta partida, o técnico Jorginho ressaltou a importância de ter jogadores de nível da Série A no elenco.

"Tempo de trabalho, isso é muito importante, é a segunda semana que eu tenho, então o tempo de trabalho é curto pra criar padrão de profundidade, de trabalhar a bola. A equipe é muito forte, é uma equipe que sofre pouco com o adversário. Nós temos que exaltar como o Vasco joga, bem fechado e acionando contra-ataques, utilizando transição ofensiva quase mortal. Por outro lado, nós temos a situação dos reforços. Eu estou tendo que mexer na equipe por conta da chegada de reforços.

Questionado sobre a utilização do goleiro Wilson na partida, o técnico Jorginho rasgou elogios aos arqueiros do Coritiba.

"Eu tenho dois grandes goleiros, isso é muito bom pro Coritiba porque são do nível de Série A. Não tinha como tirar o Wilson porque ele vinha em bons momentos e até evitando gols. Confio no Muralha e tenho total confiança nos dois goleiros. O importante é que tenho dois grandes goleiros, além dos jovens Arthur e Marcão que ainda tem um caminho a percorrer".

Jorginho foi questionado também sobre a personalidade do atacante Robson e a decisão pelo jogador ter batido o pênalti.

"O Robson não é apenas um exímio batedor de pênalti, ele é um jogador muito importante a ponto de jogar no extremo pelos dois lados. e hoje, como centroavante, foi importante o posicionamento naquele momento. Ele realmente estava confiante em bater, a decisão foi minha, mas foi importante ver que o Robson queria bater. E naquela hora, por ter sido atleta sei como é perder um pênalti e não podíamos dar ao luxo de deixar o Sabino de perder outro pênalti, por isso decidi para ser outro jogador e não deixar queimar o jogador. Confio plenamente no jogador, mas diante do desempenho, o pênalti tinha que ser do Robson".

Próxima partida

Na próxima partida, o Coritiba enfrenta o Fluminense, no Maracanã, às 20h, no dia 28 de setembro. Com este resultado, o Coxa ficou na 16ª posição com onze pontos.

VAVEL Logo