Em confronto direto, CSA e Ponte Preta se enfrentam em Maceió
Estádio Rei Pelé, sede de CSA x Ponte Preta (Clube Sportivo Alagoano/Divulgação)

CSA e Ponte Preta se enfrentam neste sábado (28) em duelo válido pela 24ª rodada da Série B 2020. No Rei Pelé, as duas equipes, que aparecem próximas do G4 medem forças.

Separadas por apenas dois pontos na tabela, o Azulão do Mutange aparece com poucos desfalques para a peleja. Por outro lado, a Macaca tem quase uma equipe inteira de baixas para o confronto direto.

Força (quase) máxima

De maneira oficial, o Clube Sportivo Alagoano conta com, apenas, uma baixa. Trata-se de Rodrigo Pimpão, expulso na rodada anterior. O Azulão do Mutange, entretanto, parece não contar com Andrigo, que saiu do duelo contra o Operário com dores na coxa. Além de ter apenas essas duas baixas, há, também, uma novidade: Gabriel, meia contratado junto ao Coritiba, já está regularizado e pode estrear no CSA.

Os alagoanos começaram a rodada na oitava colocação, com 34 pontos. No início da jornada, eram três pontos de distância para o Juventude, que inaugurava o G4. Em relação ao Náutico, 17º colocado (e primeiro time na zona de rebaixamento), são treze pontos.

Técnico da equipe, Mozart Santos não confirmou a equipe e fez questão de deixar evidente o nível de concentração dos nordestinos. "Ainda não tá definido. Hoje, teremos o último treino e momentos antes do jogo vocês vão saber a escalação. É um jogo de seis pontos, o adversário é extremamente difícil. A Ponte tem 36 pontos, nós temos 34. Então é um jogo decisivo. Nossas forças e nosso foco está na Ponte Preta", afirmou.

Provável escalação: Matheus Mendes; Norberto, Cléberson, Luciano Castán e Diego Renan; Geovane, Yago e Nadson; Pedro Júnior, Paulo Sérgio e Andrigo (Rone)

Técnico: Mozart Santos

Macaca desfalcada

Se o adversário está quase que com força máxima, a Ponte Preta encontra uma série de dificuldades para armar o onze inicial para o cotejo. Apodi, Luizão, Rayan, Tiago Orobó e Ivan estão machucados, enquanto Guilherme Lazaroni está suspenso e Moisés testou positivo para coronavírus.

Como já dito pelo treinador do CSA, a Macaca tem 36 pontos e começou a rodada na sétima colocação - apenas um atrás do Juventude. Em relação ao Náutico, são quinze pontos de vantagem.

Dos atletas mais experientes do time, Camilo falou sobre o equilíbrio que a Série B proporciona - o que inclui o duelo ante o CSA. "A gente fala todo jogo que necessita de todo mundo estar no mesmo espírito. Era uma cobrança que a gente tinha por estar tomando gol todo o jogo. Mas quando a vitória vem, a confiança aumenta, tira um pouco dos atletas para jogar um pouco mais leve. Estamos em busca dessa regularidade de performance dentro do jogo. Isso que esperamos daqui para a frente, ficando perto do G4. É um campeonato muito difícil. Não deveremos ter placares elásticos no segundo turno. Serão jogos brigados. Quando você tiver a oportunidade, tem de aproveitar. O fator positivo é que não estamos tomando gols agora, isso é importante para você ter confiança de ser mais agressivo", finalizou.

Provável escalação: Ygor; Léo Pereira, Wellington Carvalho, Ruan Renato e Ernandes; Dawhan, Camilo e Neto Moura (Barreto); Guilherme Pato (Neto Moura), Bruno Rodrigues e Wanderley

Técnico: Marcelo Oliveira

Arbitragem

Árbitro: Adriano Barros Carneiro (CE)

Assistentes: Naílton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Anderson Moreira de Farias (CE)

VAVEL Logo