Confiança reclama de pênalti não marcado, mas Vasco vence e sobe na tabela da Série B
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O Vasco derrotou o Confiança pelo placar de 1 a 0 neste sábado (3) pela nona rodada da Série B do Brasileirão 2021. Em São Januário, MT foi o autor do único gol, que aproximou o mandante dos primeiros colocados na tabela. O visitante teve um pênalti não marcado no primeiro tempo e não conseguiu reagir no segundo.  

Instável no campeonato, intercalando vitórias e derrotas, o Cruzmaltino entrou em campo ocupando o nono lugar com dez pontos. A cinco do Sampaio Corrêa, que abre o G-4. No jogo anterior, pela oitava rodada, derrota do time carioca para o Goiás fora de casa (1 a 0).

Já o Dragão precisava quebrar uma sequência de seis partidas sem vencer como visitante. Foi para São Januário na 15ª posição com oito pontos, a apenas um do Remo no Z-4. Também vinha de derrota na competição: 1 a 0 para o Coritiba em casa.

Dragão é superior e tem pênalti não marcado, mas Vasco é eficiente

Enganou-se quem esperou um Confiança no contra-ataque. A equipe sergipana já começou melhor, ficando mais com a bola e conseguindo trocas de passe rápidas no campo de ataque, principalmente pela direita. Com cinco minutos, já havia cobrado duas faltas perto da área, ambas ficando na barreira.

Aos 8, a primeira finalização do jogo, do Vasco, com MT em chute de longe, direto para fora. Até que, aos 13, Gabriel Pec invadiu a área pela direita, fez o passe no meio para Marquinhos Gabriel, que apenas deu um toque para MT chegar da esquerda empurrando para o gol.

Pec levava a melhor na ponta-direita, ganhando do marcador em todos os lances e levando perigo à área adversária. O Cruz-maltino se animou e melhorou após o gol, tomando mais a iniciativa. Mas não demorou para o Dragão retomar a bola, só que ainda sem concluir as construções de jogadas ofensivas. Apenas aos 29, a primeira finalização do Confiança com Daniel Penha batendo rasteiro de longe e colocando Vanderlei para trabalhar na defesa.

Em seguida, uma sequência de chances, todas para o visitante. Aos 33, Álvaro pegou rebote de primeira na entrada da área, e Vanderlei foi exigido novamente. No lance seguinte, a reclamação do pênalti não marcado para o Dragão: Álvaro foi derrubado na área, mas o juiz considerou lance normal e mandou seguir. A ausência do VAR na Série B, mais uma vez, não permitiu uma revisão da jogada.

Aos 40, Gustavo Ramos desperdiçou boa oportunidade livre na segunda trave cabeceando direto para fora, após boa jogada em velocidade da direita com cruzamento. Quatro minutos depois, o Vasco reagiu balançando a rede, mas o gol foi anulado por impedimento de Gabriel Pec. E, já com 46, outro cabeceio de Gustavo Ramos livre na área, mas esse levou perigo passando perto da trave. Hernane Brocador por pouco não desviou para dentro.

Cruz-maltino faz segundo tempo melhor e segura o resultado

Na volta do intervalo, o Confiança iniciou melhor de novo, logo buscando Hernane dentro da área. No entanto, ao contrário do que aconteceu no primeiro tempo, a maioria das chances foi do Vasco. Aos 7 minutos, Cano recebeu invadindo a área, dominou na frente do goleiro, mas finalizou para fora pressionado pelo marcador, na melhor chance do time no jogo. O Dragão seguia conseguindo mais trocas de passe interessantes no setor ofensivo, porém sem finalizar na segunda etapa.

Aos 15, Zeca e Marquinhos Gabriel conseguiram construir pela esquerda, e o meia concluiu bem para Rafael Santos encaixar. Três minutos depois, bola alçada na área e Lucas Figueiredo mandou de cabeça na segunda trave, mas nas mãos de Santos. Em resposta, aos 21, Neto Berola isolou da entrada da área pela direita. Aos 25, Lucas Figueiredo, que entrou bem e melhorou o setor de ataque vascaíno, arriscou de fora da área, e Rafael Santos precisou se esticar para espalmar.

Até que o Cruz-maltino passou a apostar no contra-ataque, tentando aproveitar os espaços do adversário que ia para frente buscar o empate. Aos 37, Cano finalizou de fora da área, mas com pouco perigo para Rafael. Três minutos depois, outro contra-ataque perigoso dos cariocas. Em seguida, Alex tentou desvio de cabeça na pequena área, porém mandou por cima do travessão no que seria o empate.

O Confiança sofreu com posicionamentos equivocados dos seus homens de frente no segundo tempo, com muitos impedimentos marcados. E, apesar da pressão sergipana até o último lance, vitória do Vasco: 1 a 0.

Classificação e próximos compromissos

Com a importante vitória em casa, o Vasco pulou para a sexta colocação, agora com 13 pontos, ficando a dois do G-4. Enquanto isso, com mais um resultado negativo, o Confiança permanece na 15ª posição com oito pontos, podendo terminar esta rodada na zona de rebaixamento.

O próximo compromisso do Gigante da Colina é, novamente, em casa contra o Sampaio Corrêa na sexta-feira (9) às 19h. Já o Dragão volta a campo no sábado (10) às 19h, quando recebe o Vitória.

VAVEL Logo