Após vitória, Marcelo Cabo freia empolgação por acesso do Goiás: "Conquistamos só a permanência"
Foto: Divulgação / Goiás EC

O retorno dos torcedores do Goiás aos estádios não poderia ser mais feliz. O clube venceu o Brasil por 2 a 1, na 24ª rodada da Série B 2021, e voltou à segunda colocação do torneio neste sábado (18). Apesar dos números bastante atraentes no Hailé Pinheiro, Marcelo Cabo, treinador da equipe vencedora, passou longe de se empolgar com a bela campanha do time do Centro-Oeste até aqui,

O jogo na quinta rodada do torneio, que acabou com os mesmos 2 a 1, mas a favor do Brasil de Pelotas, foram relembrados pelo treinador na entrevista coletiva após o cotejo. "É um adversário de quem o Goiás perdeu no primeiro turno. Na história, ainda não tinha vencido o Brasil de Pelotas na Série B. Esse jogo tinha muitas coisas envolvidas. Trabalhei isso durante a semana: o tabu, a derrota no primeiro turno. Demos mais uma passo importante, mas, por enquanto, conquistamos só a permanência", destacou. Os 45 pontos alcançados pela equipe, de acordo com os matemáticos são os necessários para que uma equipe não seja rebaixada.

No 4-2-3-1 de Marcelo Cabo, o Goiás teve mais finalizações totais (dezessete a catorze) e certas (cinco a dois) que o adversário. O Xavante, também no 4-2-3-1 e treinado por Cléber Gaúcho, empatou com o Esmeraldino na posse de bola: 50% para cada lado.

Já subiu?

Ao falar das chances de voltar à primeira divisão nacional já na próxima temporada, Marcelo Cabo destacou que não é hora de falar em tal situação, relembrando algumas outras equipes que ficaram pelo caminho. "Já vimos algumas equipes liderarem, terem sete ou oito pontos na frente do quinto colocado e agora não estarem mais entre os quatro. Se ficar três ou quatro jogos sem vencer, o pelotão encosta em você, e você volta a brigar no bolo mais atrás", finalizou o treinador na Serrinha.

Na 25ª rodada da Série B 2021, o GEC viaja para enfrentar o Avaí, na próxima terça-feira (21), às 19h (Horário de Brasília).

VAVEL Logo