"Todo mundo viu que foi pênalti", reclama Dal Pozzo após empate do Sport
Foto: Divulgação / Sport

O Sport ficou no 0 a 0 contra o Guarani no Brinco de Ouro em jogo válido pela segunda rodada da Série B de 2022. Em uma partida marcada por polêmicas do VAR, o Leão da Ilha tentou tirar o zero do placar, mas perdeu um caminhão de gols e não conseguiu alterar o marcador, com isso interrompendo a sua segunda vitória consecutiva na competição.

Após a partida o técnico do Sport, Gilmar Dal Pozzo concedeu entrevista coletiva e o principal assunto foi a polêmica de um suposto pênalti não marcado para o Leão. O lance aconteceu no segundo tempo onde o goleiro Maurício Kozlinski teria segurado o atacante Parraguez e o derrubado. O treinador reclamou muito e relembrou a final da Copa do Nordeste, onde teve outra penalidade que não foi marcada.  Ele disse que pediu aos atletas para que cobrassem mais a arbitragem para evitar que não cometam mais erros futuramente contra a sua equipe.

A gente já tinha conversado sobre aquele lance do Fortaleza no pênalti que aconteceu com o Búfalo. Eu cobrei dos atletas para fazer uma pressão maior em cima da arbitragem, mas de forma equilibrada sempre, porque da maneira que você vai falando, nunca sabe da intenção do árbitro e se ele estiver mal intencionado mesmo, a gente pode ser prejudicado com uma expulsão”, reclamou Dal Pozzo.

Ainda sobre o lance polêmico em Javier Parraguez, o treinador do Leão disse que reclamou com árbitro já que ele não foi consultar o VAR, o técnico até pediu para que os jogadores parassem o jogo para que o juiz analisasse, mas nem isso o Eduardo Valadão quis fazer. Para Dal Pozzo todo mundo viu o pênalti, menos a arbitragem, ele ainda ficou em dúvida sobre o cartão que o Ezequiel recebeu no primeiro tempo.

“No primeiro lance ele deu cartão amarelo para o Ezequiel, muito cedo na partida, tem esse lance do pênalti e eu atribuo um erro da arbitragem e não do comportamento dos nossos jogadores. Pelo contrário. Quando o jogo seguiu, o Búfalo percebeu que o árbitro não ia chamar o VAR e ele caiu. Nesse momento ele (árbitro) usou para que fosse consultado o VAR. Infelizmente ele não consultou, porque todo mundo viu que foi pênalti”, concluiu o treinador. 

Envolvido diretamente na jogada, Parraguez também ficou com dúvidas sobre o pênalti. O atacante disse que chegou a perguntar ao árbitro Eduardo Tomaz Valadão o porquê ele não foi olhar no VAR, a autoridade da partida disse que recebeu um aviso negando à penalidade e seguiu o lance. Mesmo assim o jogador ficou satisfeito com o desempenho da equipe e parabenizou o time pela luta até o final, ficando satisfeito com o importantíssimo empate fora de casa.

Eu fiquei com muitas dúvidas por aquela jogada. Todos os meus companheiros também foram reclamar (com o árbitro) por ele não ter ido revisar no VAR, mas não sabemos o que aconteceu. Ele falou que ‘não era’ e perguntamos para ele do ‘por quê não ir revisar?’. Ficou um pouco repetitivo. Estamos focados em fazer as coisas bem, acho que o grupo está acreditando, lutamos até o final para somar os três pontos e não conseguimos, mas estamos muito felizes com o empate”, completou Javier Parraguez. 

O Sport agora só volta à campo no próximo sábado (23) pela Série B. O confronto será contra o Criciúma no Estádio  Heriberto  Hulse, fora de casa.

VAVEL Logo