América-MG recebe Botafogo em confronto direto na parte superior da tabela
Com o empate diante do Tolima na Colômbia, o América deu adeus as chances de classificação. (Foto: Mourão Panda/América)

Sem chances de classificação para a próxima fase da Libertadores, o América volta suas atenções para o campeonato brasileiro. Na noite deste sábado (21), o Coelho recebe o Botafogo no estádio Independência, às 21h, com o objetivo de encostar no G-4 e ultrapassar o adversário de logo mais na tabela. O alvinegro carioca chega a Belo Horizonte defendendo a invencibilidade de cinco jogos na competição e mira terminar a sétima rodada na liderança.

A expectativa é de que a torcida botafoguense marque presença no horto. Os visitantes esgotaram os 2 mil ingressos disponibilizados em 15 minutos de venda. Com isso, os donos da casa cederam mais 1200 entradas para serem comercializadas para o torcedor alvinegro. A grande procura da torcida reflete a boa fase do clube na gestão John Textor, que se tornou dono do clube em março desse ano.

Entre desfalques, América vai com o que tem de melhor

Entrando com força máxima na Libertadores e no Brasileirão, o América sofre com a série de lesões nos últimos jogos. O técnico Vagner Mancini, que já não contava com o volante Juninho, o meia Matheusinho, e os atacantes Paulinho Boia, Everaldo e Wellington Paulista, pode sofrer outra baixa. O zagueiro Conti, que foi substituído durante o duelo contra o Tolima no meio de semana com dores, é dúvida para logo mais. Outra ausência na defesa será de Iago Maidana, expulso na derrota contra o Coritiba.

Por outro lado, os donos da casa contam com os retornos do lateral esquerdo Danilo Avelar, recuperado de lesão na coxa direita, o meia Alê, que volta a estar à disposição após lesão na posterior da coxa esquerda, e o atacante Aloísio, que treinou normalmente após sair de campo na última quarta alegando dores.

Provável escalação: Jaílson; Patric, Éder, Lucas Kal (Luan Patrick) e Marlon; Zé Ricardo, Juninho Valoura e Índio Ramírez (Alê); Pedrinho, Henrique Almeida e Felipe Azevedo

Visitante indigesto, Botafogo quer manter bom momento

Uma vitória do Botafogo hoje pode levar o clube a alcançar a liderança do campeonato brasileiro, algo que não acontece desde 2013. A equipe comandada por Luís Castro segue invicta jogando como visitante, e busca manter o bom retrospecto diante do Coelho. Dos 11 pontos conquistados até aqui, sete foram longe do estádio Nilton Santos. Ao lado do Corinthians, o alvinegro carioca tem a melhor campanha fora de casa.

Para o jogo, o treinador português tem a possibilidade de repetir a escalação da última rodada, quando venceu o Fortaleza por 3 a 1. A baixa de última hora foi do atacante Chay, que não treinou na sexta-feira por conta de um resfriado e não entrou na lista de relacionados. Os outros desfalques são os jogadores Carlinhos, que está em fase de recuperação de lesão ligamentar e meniscal no joelho esquerdo, Philipe Sampaio, com lesão no ligamento colateral medial do joelho direito, Rafael (pós-operatório do tendão de Aquiles esquerdo) e Gustavo Sauer, com lesão no tornozelo.

As únicas dúvidas na escalação estão no meio campo. Patrick de Paula, autor de dois gols na última partida, pode entrar no lugar de Lucas Fernandes. Outra concorrência está entre Diego Gonçalves e Matheus Nascimento, que disputam uma vaga pelo lado esquerdo.

Provável escalação: Gatito; Saravia, Kanu, Cuesta e Daniel Borges; Oyama, Tchê Tchê, Lucas Fernandes (Patrick de Paula ou Del Piage); Diego Gonçalves (Matheus Nascimento); Victor Sá e Erison.

Arbitragem

Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP)

Assistente 1: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP)

Assistente 2: Neuza Inês Back (FIFA/SP)

Quarto árbitro: Ronei Cândido Alves (MG)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

VAVEL Logo