Presente de Natal! América-MG confirma contratação do atacante Rafael Moura

Centroavante, egresso do rival Atlético-MG, é o primeiro reforço do América-MG para a temporada 2018

Presente de Natal! América-MG confirma contratação do atacante Rafael Moura
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Após alguns dias de negociação, o América-MG acertou a contratação do atacante Rafael Moura, o He-Man, por uma temporada. É a primeira contratação do Coelho para 2018. O centroavante estava no Atlético-MG e não teve seu contrato renovado pelo clube alvinegro. 

Rafael Moura chegou a negociar sua transferência para o Botafogo, onde poderia atuar como titular após a saída de Roger. No entanto, as negociações não seguiram em frente. Na última semana, as conversas com a diretoria do América se intensificaram, culminando no desfecho positivo. 

Vinculado ao Atlético-MG desde o começo de 2016, o jogador foi emprestado ao Figueirense, em negociação dos alvinegros mineiro e catarinense que envolveu o atacante Clayton. No Figueira, Rafael Moura marcou 16 gols em 40 jogos. Na atual temporada, He-Man ganhou a oportunidade de reescrever a história dele no Galo. Revelado pelo clube em 2004, sem grandes chances para atuar, marcou dez gols em 51 jogos, mesmo não sentido titular absoluto.

Foto: Divulgação/América-MG

O presidente eleito do América-MG, Marcus Salum comentou a contratação de Rafael Moura, em entrevista para o site oficial do clube, afirmando que "He-Man" poderá contribuir com sua experiência. "Estamos muito felizes em passar para a torcida americana a notícia da contratação do Rafael Moura. Nossa diretoria está trabalhando muito firme na montagem do elenco e na busca da qualificação para a equipe em 2018. O Rafael Moura é um jogador experiente, que já jogou em vários clubes grandes e poderá contribuir para isso", disse.

O atacante terá a oportunidade de continuar em Belo Horizonte, cidade onde nasceu e onde reside toda a família. O jogador teve passagens bem sucedidas por Atlético-PR, conquistando o título paranaense de 2008, Goiás, onde foi vice-campeão da Copa Sul-Americana em 2010, e Fluminense, sendo duas passagens pelo tricolor carioca. Uma em 2007, integrando o elenco campeão da Copa do Brasil daquele ano, e outra em 2011.