Claudinei elogia goleiro Renan e defesa do Avaí diante do Vasco: "Muito bem postada"

Treinador avaiano saiu satisfeito com rendimento defensivo e só lamentou pouca eficiência ofensiva nos contra-ataques; Com empate, Avaí se mantém no G-4 na rodada

Claudinei elogia goleiro Renan e defesa do Avaí diante do Vasco: "Muito bem postada"
Foto: Divulgação / Avaí FC

O Avaí arrancou um bom resultado no estádio São Januário, ao enfrentar o Vasco da Gama na quarta-feira (26), pela 33ª rodada da Série B. Com o ponto somado, os catarinenses garantem mais uma rodada no G-4, podendo cair, no máximo, ao 4º posto, caso o Londrina derrote o Criciúma.

O técnico Claudinei Oliveira elogiou o goleiro Renan e o comportametno defensivo dos avaianos no empate por 0 a 0 contra o vice-líder da competição: "O Vasco estava esperando a gente. Tínhamos que ter calma, acertar melhor a jogada. Não queríamos perder pontos. Acho que foi um aproveitamento bom para esses jogos difíceis que tivemos e que nos coloca, na pior das hipóteses, em quarto no término da rodada. Era o objetivo. Foi um jogo difícil e nós soubemos suportar a pressão do Vasco. O Renan mais uma vez esteve muito bem e a defesa muito bem postada. Faltou só encaixar um pouquinho os contra-ataques, finalizar melhor. Lamentamos só isso, não ter sido tão bem ofensivamente", comentou em linhas gerais.

Na próxima rodada, o Avaí recebe o Paraná Clube, no sábado, 5 de novembro, no estádio da Ressacada, pela 34ª rodada da Série B. Ainda sobre o confronto com o Vasco, Claudinei analisou a postura da equipe taticamente em São Januário:

"O posicionamento da equipe inicial foi o mesmo. Acreditávamos que o João, o William e o Marquinhos não suportariam os 90 minutos. Então preferimos começar com o Marquinhos e o William, que, infelizmente, saiu lesionado. Taticamente, a postura da equipe é a mesma, o que mudou foi a gente ter enfrentado os adversários que pressionavam a saída de bola e ter tido o espaço no contra-ataque. O Vasco, talvez por ter visto nossos jogos, esperou a nossa equipe no campo deles", disse o treinador, que esperava um melhor aproveitamento na ferramenta dos contra-golpes, cruciais, por exemplo, na vitória sobre o Vila Nova.

Sobre a matemática para buscar o acesso à Série A, Claudinei Oliveira avaliou da seguinte forma: "Na próxima rodada, se a gente ganhar, ficamos no G-4. Temos que ir rodada a rodada. Um empate nesse jogo nos garantia no G-4 e conseguimos". No compromisso em casa diante do Paraná, o treinador, que tirou o time do meio da tabela para colocar no G-4, espera o apoio do torcedor avaiano.