Técnico da Chapecoense lamenta eliminação e destaca luta contra degola no Brasileirão

Com a eliminação agora o técnico Emerson Cris terá somente o Brasileirão até o fim do ano

Técnico da Chapecoense lamenta eliminação e destaca luta contra degola no Brasileirão
(Foto: Rafael Bressan/Chapecoense)

A Chapecoense foi eliminada da Copa Sul-Americana depois de perder por 4 a 0 para o Flamengo, na Ilha do Urubu, na noite desta quarta-feira (20). Com a eliminação, agora o técnico Emerson Cris terá somente o Campeonato Brasileiro até o fim do ano. 

Em entrevista coletiva após a partida, o comandante do Verdão destacou a importância de focar somente no Brasileirão e reconheceu que o cansaço prejudicou a equipe na partida de volta das oitavas de final da Sul-Americana.

"A gente vem de uma sequência de jogos muito difíceis contra as maiores equipes do Brasil – Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Flamengo de novo – e com um desgaste muito grande dos jogadores. A gente tem buscado esse equilíbrio, buscado retomar aquela identidade da Chapecoense que é um time muito forte dentro de casa e agora tem que colocar o pé no chão, seguir em frente e domingo tem um jogo muito difícil contra a Ponte Preta, pelo Campeonato Brasileiro", lembrou o técnico.

Sobre o lance do primeiro gol, Emerson lamentou na entrevista coletiva a confusão que o gol do time carioca, onde o time catarinense queria impedimento. O assistente chegou a levantar a bandeira mas o árbitro entendeu que a bola desviou em Grolli, antes de chegar ao atacante Guerrero. "Quando acontece esse tipo de coisa, é complicado. Coisas que não são claras no futebol. E um gol àquele momento só muda o que pensamos do jogo. É complicado para nós", disse.

Mesmo com a derrota, Cris ficou satisfeito com o desempenho da Chapecoense em campo e que poderiam ter conseguido a vitória ou ir em busca do empate. "Eu acho que em algumas fases do jogo tivemos um bom domínio, tivemos várias finalizações. Em outro momento do jogo, quando estava 2 a 0, tivemos outras oportunidades, em que um gol faz toda a diferença. No segundo tempo, voltamos com uma postura um pouco mais acima", explicou.

"Também tivemos outras oportunidades. Aí tomamos um gol de bola parada, que desequilibra. Tem de ressaltar a qualidade do time do Flamengo, tem grandes jogadores, com extrema qualidade, e fica difícil. As coisas não saem de acordo com aquilo que você imaginou. Como disse, é continuar trabalhando com foco no Brasileiro", completou.

Próximo confronto da Chapecoense será no próximo domingo (24), contra a Ponte Preta, pelo Campeonato Brasileiro, na Arena Condá, às 16h.