Após derrota em confronto direto, Guarani recebe Goiás em busca da liderança

Equipes entram em campo na noite desta terça-feira (11), no Brinco de Ouro

Após derrota em confronto direto, Guarani recebe Goiás em busca da liderança
Foto: Divulgação/Guarani FC
Guarani
Goiás
Guarani: Leandro Santos; Lenon, Genilson, Diego Jussani, Salomão; Auremir, Evandro; Bruno Nazário, Luiz Fernando, Claudinho (Caíque); Braian Samudio. Técnico: Vadão
Goiás: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Matheus Ferraz, Alex Alves, Carlinhos; Elyeser, Willians, Jean Carlos; Carlos Eduardo, Tiago Luís, Michael. Técnico: Sílvio Criciúma
ÁRBITRO: Rodrigo Alonso Ferreira (SC) apita, auxiliado por Helton Nunes (SC) e Eder Alexandre (SC)

Nesta terça-feira (11), Guarani e Goiás se enfrentam em partida válida pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida ocorrerá no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, às 20h30. As duas equipes vão para campo disputando posições no topo. O Bugre quer voltar para a liderança, que perdeu na última rodada para o Juventude. Já o Esmeraldino quer vencer a segunda seguida e entrar para o G-4.

O Guarani é vice-líder do campeonato, a equipe está somente a três pontos atrás do líder, Juventude. A equipe paulista vem de uma derrota, contra o próprio time gaúcho, no Alfredo Jaconi. O Bugre era líder do campeonato mas acabou saindo derrotado por 2 a 0, no RS, e perdeu sua liderança.

Já o Goiás vem de vitória na sua casa. A equipe goiana venceu o Luverdense por 3 a 1, e subiu cinco posições na tabela. O Esmeraldino ocupa a oitava colocação, com uma vitória pode subir até a terceira posição, entrando no grupo dos quatros que vão subir para a elite nacional.

Bugre busca recuperação 

Para se reabilitar no campeonato, o Guarani aposta na sua campanha em casa. As duas últimas partidas da equipe paulista foram fora de casa (venceu o ABC por 1 a 0 e foi derrotado pelo Juventude, em confronto direto), O Guarani tem um aproveitamento de 88,8% como mandante.

O Bugre disputou seis partidas até agora na Série B na sua casa, venceu em cinco oportunidades, contra o Brasil de Pelotas, Figueirense, Boa Esporte, Paysandu e Náutico, a equipe só não venceu em uma oportunidade, que foi em um empate, contra o Oeste.

No treino da segunda-feira (10), o técnico Vadão fez mistério e não confirmou a escalação para a partida. A preocupação é relacionada com à parte física dos jogadores. Como atuou no sábado à noite em Caxias do Sul, o elenco do Guarani teve apenas um dia para se preparar. A comissão técnica vai esperar até o início da tarde desta terça para ver quem tem condições de jogar.

O jogador que mais preocupa é Fumagalli. O veterano corre risco de não atuar contra o Goiás, pelo fato de ter reclamado de uma pancada na coxa sofrida contra o Juventude.

Com a volta de Elyeser, e sem Léo Sena, Goiás se prepara para visitar o Bugre

Para o embate contra o Bugre, no Brinco de Ouro, o técnico Sílvio Criciúma terá à disposição o volante Elyeser, que cumpriu suspensão na última partida do Verdão. Já o meia Léo Sena, ficará de fora da partida por conta de uma virose.

O treinador do Verdão também não poderá contar com Victor Bolt. O volante foi julgado neste segunda (10), por uma cotovelada, no clássico contra o Vila Nova, na 10ª rodada e ficará de fora por quatro partidas. O Goiás vai tentar conseguir efeito suspensivo

Nessa segunda-feira (10), o Goiás apresentou o atacante Gustavo, que pertence ao Corinthians, chegou por empréstimo até o final da temporada. O atacante foi relacionado para a partida contra o Guarani.

Goiás Esporte Clube