Com Cássio e Luan, Tite divulga lista de convocados da Seleção para Eliminatórias

Treinador trouxe a público relação de jogadores escolhidos para os confrontos contra Equador e Colômbia, nos dias 31 de agosto e 5 de setembro

Com Cássio e Luan, Tite divulga lista de convocados da Seleção para Eliminatórias
Tite divulgou nova lista de convocados na manhã desta quinta (Foto: Bárbara Mendonça/VAVEL Brasil)

Na manhã desta quinta-feira (11), na sede da CBF, o técnico Tite divulgou a lista dos 23 jogadores convocados para a Seleção Brasileira para os confrontos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Já classificado e em primeiro lugar na chave da América do Sul, o Brasil encara Equador e Colômbia nos dias 31 de agosto e 5 de setembro, respectivamente.

Antes da convocação, foi anunciado ainda que o chefe da delegação brasileira nos próximos dois confrontos será  Romildo Bolzan Jr, presidente do Grêmio.

Devido ao período de pré-temporada nos clubes europeus, a expectativa era por um grande número de atletas atuantes no Brasil na lista - no entanto, dos 23 jogadores selecionados, apenas quatro jogam em solo nacional. Para Cleber Xavier, auxiliar técnico de Tite, a sequência de partidas dos atletas "europeus" foi um critério amplamente favorável para suas convocações.

"Não sei se seria uma surpresa (número de atletas que atuam na Europa). Os jogadores da Europa já tiveram uma sequência e vão ter, até a apresentação, uma média de 4 jogos cada. Continuaremos acompanhando jogos dentro e fora do Brasil até a apresentação no dia 27. A gente não perde o radar", ​disse Cleber. Vale ressaltar que uma das grandes preocupações de Tite é dar sequência ao time da Canarinho devido à proximidade da Copa do Mundo de 2018. 

Tite não pôde deixar de responder a perguntas sobre um dos principais assuntos do futebol em 2017: a transferência de Neymar ao Paris Saint-Germain. Para o comandante da Canarinho, o selo de 'jogador mais caro da história' não agrega em nada aos valores do atacante; segundo o treinador, a contribuição de Neymar à Seleção já é histórica.

"Em termos de valor, não muda nada. Tudo que ele pode trazer de história, ele já trouxe. Ele busca outros desafios e o mais importante é se sentir feliz. Cristiano e Messi são de gerações diferentes e, inevitavelmente, o Neymar vai chegar (ao posto de melhor jogador do mundo). O tempo disso, eu já não sei", declarou.

Após enaltecer as torcidas de Sport Fluminense por homenagens à ​Abel Braga, Tite também fez questão de declarar que as vagas para a Seleção titular de 2018 ainda estão em aberto. "Tem uma garotada surgindo, e daqui a pouco vão estar na Seleção. Também não posso abrir mão da chance de ter um Diego Souza, um Gil, um Diego, um Rodriguinho", completou o técnico.

Os principais critérios de Tite para a inclusão (ou não) de certos jogadores foram passado na Seleção e em seus clubesmomento presente e projeção futura para a Copa do Mundo. Dentre as novidades da lista, destaca-se o retorno de ​Cássio​, goleiro do Corinthians – o arqueiro havia sido convocado pela última vez em novembro de 2015, quando a Seleção ainda era comandada por ​Dunga​. Luan​, do Grêmio, também marcou presença entre os 23 convocados.

Confira a lista completa dos convocados para a Seleção Brasileira:

Goleiros: Alisson (Roma), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City).

Zagueiros: Marquinhos (Paris Saint-Germain), Thiago Silva (Paris Saint-Germain), Miranda (Inter de Milão) e Rodrigo Caio (São Paulo).

Laterais: Daniel Alves (Paris Saint-Germain), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Marcelo (Real Madrid).

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Giuliano (Zenit), Luan (Grêmio), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Philippe Coutinho (Liverpool), Renato Augusto (Beijing Guoan) e Willian (Chelsea).

Atacantes: Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar Jr (Paris Saint-Germain) e Taison (Shaktar Donetsk).

Seleção Brasileira