Zagueiro Henríquez analisa 2017 do Sport: "Precisamos aprender com erros para um 2018 melhor"

Colombiano faz balanço do desempenho leonino durante a temporada e da performance individual, já que encerrou como titular

Zagueiro Henríquez analisa 2017 do Sport: "Precisamos aprender com erros para um 2018 melhor"
Defensor atuou na vitória diante do Corinthians, que garantiu a vaga na elite no próximo ano (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Contratado pelo Sport no início de 2016, o zagueiro Henríquez teve uma primeira temporada complicada em Pernambuco. Sofrendo com lesões e falta de sequência de jogos, o atleta foi preterido durante boa parte do ano passado, sendo titular no final do primeiro semestre. Em 2017, porém, o defensor teve mais oportunidades e conquistou a vaga na equipe principal.

Mesmo o ano não sendo brilhante para o Leão, esteve na conquista do Estadual, que acabou sendo o segundo objetivo rubro-negro no ano: a permanência na elite nacional. O balanço feito pelo colombiano ao site oficial do clube a respeito da temporada, apesar das dificuldades, foi o mais positivo possível, ressaltando a importância de aprender com os erros cometidos.

"O Sport não conseguiu uma boa sequência no segundo semestre, que refletiu muito a situação complicada que vivemos. Fomos, entretanto, campeões pernambucanos, à final da Copa do Nordeste e fechamos o primeiro turno na 6ª posição. Também batemos nosso recorde na Sul-Americana. Precisamos, agora, aprender com nossos erros finais para fazer um 2018 melhor", avaliou.

O saldo da autoanálise também foi bastante satisfatório. Após disputar a posição com o contestado Matheus Ferraz, ainda sob o comando de Ney Franco, se firmou entre os 11 na gestão de Vanderlei Luxemburgo, quando se sobressaiu no revezamento na zaga leonina, fazendo dupla inicialmente com Ronaldo Alves e posteriormente com o ídolo Durval.

"Meu balanço individual é bom, estou feliz e tranquilo porque eu tenho condições e posso ser titular. Agora vou poder descansar um pouco já visando a próxima temporada e aproveitar com a família", concluiu. O defensor tem contrato até o fim de 2018 e se destacou pela postura de liderança que assumiu em diversos momentos.