Futuro do GP do Canadá de F1 ainda não está garantido
Negociações rumam para um contrato de dez anos. (Foto: GP do Canadá/Twitter)

A edição de 2014 do Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1 já será neste domingo (8), porém, os debates estão sendo sobre o que virá depois da edição deste ano, já que ainda não há contarto assinado para a realização da corrida canadense nos próximos anos.

Segundo o promotor da corrida, François Dumontier, a assinatura de um novo contrato precisa ser feita em caráter de urgência, e as negociações rumam para um possível contrato de dez anos, mas as partes envolvidas ainda não entraram em acordo.

O porta-voz de Dominique Vien, novo ministro do turismo da província de Quebec, onde se sedia a corrida, declarou: "As negociações estão indo muito bem, e a troca de governo não exerceu um impacto negativo no assunto. Nós anunciaremos algo quando tudo estiver pronto."

Outra autoridade a se pronunciar sobre o assunto foi o prefeito de Montreal, Denis Coderre, que disse: "Estou focado em tentar resolver o problema para os próximos dez anos. Tudo está indo bem. Em breve, faremos os anúncios, mas todos estão discutindo e tudo está progredindo muito bem. É só uma questão de tempo."

Ao que parece, o impedimento no acordo estaria por conta das demandas de Bernie Ecclestone, que pede por reformas na estrutura do Circuito Gilles Villeneuve, além de além de uma taxa anual obrigatória de 4% junto ao pagamento para o contrato de dez anos.

VAVEL Logo