Família Verstappen e recorde para Lewis; curiosidades de Hungaroring em 2019
Foto: Reprodução / F1

Família Verstappen e recorde para Lewis; curiosidades de Hungaroring em 2019

Pela segunda vez na história, um holandês vai ao pódio no GP da Hungria

leo_silva997
Leonardo José

De forma magnífica, o Grande Prêmio da Hungria só foi decidido nas voltas finais. Pela oitava vez em 2019, foi Lewis Hamilton quem venceu no Circuito de Hungaroring após ultrapassar o vice-líder do campeonato Max Verstappen. Assim, confira algumas curiosidades do GP húngaro:

O FAVORITO: esta foi a sétima vitória de Lewis na Hungria, tornando assim o circuito em que mais vezes o inglês da Mercedes saiu como vitorioso — juntamente com o GP do Canadá.

RELEMBRANDO O PASSADO: Hamilton também conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1 neste mesmo Circuito de Hungaroring, em 2013.

NO FINALZINHO: a ultrapassagem de Lewis sobre Verstappen a quatro voltas do final foi a segunda vez em quatro GPs que o líder mudou de mãos nas últimas quatro voltas.

FAMÍLIA HOLANDESA: Max Verstappen terminou no pódio húngaro pela primeira vez em sua carreira. Mas ele não é o primeiro holandês a ter um pódio na F1. Esse feito vai para seu pai Jos Verstappen, que foi o terceiro em 1994.

BOA FASE: nas últimas quatro corridas, incluindo a Hungria deste fim de semana, Verstappen é quem mais somou pontos: 81.

ATRASADINHO: Sebastian Vettel garantiu uma vaga no pódio nas últimas três voltas pela segunda corrida consecutiva. Em 2017, o alemão terminou em primeiro lugar em Hungaroring, segundo em 2018 e terceiro em 2019. 

HOMEM DE GELO: Kimi Raikkonen venceu o GP húngaro em 2005, mas terminou em sétimo agora em 2019, conquistando o melhor resultado da Alfa Romeo Racing ou Sauber em Hungaroring desde 2010.

SEMPRE ELE: Romain Grosjean, da Haas, abandonou a prova com problemas na pressão da água, fazendo desta a terceira corrida de 2019 em que ele foi o único a sair da prova, sendo este o sexto abandono da temporada.

A Fórmula 1 faz sua tradicional pausa e volta no dia 1 de setembro, no GP da Bélgica, no Circuito de Spa-Francorchamps.

VAVEL Logo