FIA antecipa férias da Fórmula 1 de agosto para março e abril
Foto: Reprodução/FIA

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou nesta quarta (18) que vai antecipar as férias de agosto para os meses de março/abril. O motivo é deixar o mês de agosto livre para a realização de corridas que foram adiadas devido a pandemia do coronavirus.

Por conta da pandemia do coronavirus, a FIA anunciou que as equipes vão ficar obrigatoriamente 21 dias parados entre Março e Abril. As corridas da Austrália, Bahrein, Vietnã e China que originalmente estavam marcadas pra acontecer entre março e abril tiveram que ser adiadas ainda sem datas para serem remarcadas. Outro GP que corre sério risco de não acontecer é o da Holanda que será realizado na cidade de Zandvoort, a tendência é que a temporada só comece no fim de maio, isso depende do que a pandemia possa ser controlada no que diz a respeito ao coronavirus.

O tradicional calendário de férias da F1 erá esperado para receber os eventos na Hungria e Bélgica o que ocorre todo ano. Porém, durante o mês de agosto será utilizado para remarcar os eventos que foram cancelados no início do ano.

Confira o comunicado oficial da FIA:

"À luz do impacto global do coronavírus Covid-19, que atualmente afeta a organização dos eventos do Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA, o Conselho Mundial de Automobilismo aprovou uma mudança nos Regulamentos Esportivos da FIA de Fórmula 1 de 2020, mudando o período de parada do verão de julho e agosto para março e abril e estendendo-o de 14 para 21 dias. Todos os concorrentes devem, portanto, observar um período de paralisação de 21 dias consecutivos durante os meses de março e / ou abril. A mudança foi apoiada por unanimidade pelo Grupo de Estratégia da F1 e pela Comissão da F1."

A Ferrari anunciou o fechamento de suas fábricas. Já a Mercedes ainda não tem uma previsão de quando vai suspender suas atividades. Alguns funcionários ficarão isolados por duas semanas. Um mecânico da equipe alemã foi detectado com o vírus.

A McLaren apenas teve um funcionário detectado com o vírus, os outros funcionários testaram negativo.

 

VAVEL Logo