Lando Norris faz autocrítica e lamenta por não ter sido mais ousado na Espanha
Foto: Divulgação / McLaren

2020 está sendo uma temporada especial para Lando Norris. O pódio na primeira corrida já mostrou que o ano seria promissor. Nisso, seis aparições seguidas no Q3. Já são 40 pontos em sua conta na atual temporada e a quinta posição na classificação. Mas ficar em décimo no GP da Espanha não condiz com toda essa boa fase do piloto inglês e da McLaren.

Norris largou da oitava posição em Barcelona e viu Charles Leclerc, da Ferrari, e Pierre Gasly, da AlphaTauri, ultrapassá-lo logo na primeira curva. O curso da corrida em Barcelona seguiu e nada mudou drasticamente até a linha de chegada. E essa falta de ousadia incomodou o inglês da McLaren:

"Eu perdi essas duas posições no início. Não fora de linha, meu lançamento foi muito bom, foi apenas mais na curva 1 que eu não ataquei o suficiente, eu não arrisquei o suficiente, mas às vezes é assim. Talvez precisemos mudá-lo para a próxima vez, porque é tão difícil ultrapassar aqui [na Espanha] como sabemos, e foi provado novamente neste fim de semana. Acho que tivemos um bom ritmo, o que foi uma pena, porque eu não podia usá-lo. E eu me senti muito mais rápido do que os caras à frente. É só um trem e eu não podia fazer nada. Um pouco irritado, mas preciso fazer melhor da próxima vez", disse Norris.

A sétima prova da Fórmula 1 2020 é o GP da Bélgica, agendado para os dias 28 e 30 de agosto, dando sequência a mais um trinca seguida de corridas: Spa, Monza e Toscana.

VAVEL Logo