México quer esquecer má-fase contra a Itália
México está na terceira posição das Eliminatórias e é constantemente criticado pela imprensa

Apresentando um futebol muito ruim e em posição delicada nas eliminatórias, o México estreia neste domingo (15) pela Copa das Confederações, contra a Itália, no Maracanã, buscando se reerguer. Os mexicanos disputaram seis partidas nas eliminatórias locais e venceram apenas uma e empataram as outras cinco. Atualmente na terceira posição, os comandados de José Manuel de la Torre estariam se classificando para a Copa do Mundo apenas pelo fato de as outras equipes da competiçãos serem muito fracas tecnicamente.

A imprensa local critica a equipe constantemente pela falta de qualidade na hora de atacar e, principalmente, pela falta de empenho com a camisa da seleção. Em entrevista coletiva, o técnico mexicano comentou sobre o assunto e como a Copa das Confederações servirá para os jogadores convocados demonstrarem o seu comprometimento com a pátria.

- Vai servir para eu ver quais jogadores estão comprometidos com a equipe. Servirá para ter o grupo o mais compacto possível na busca da recuperação nas Eliminatórias (à Copa do Mundo de 2014) – afirmou.

O técnico também fez questão de frizar que os jogadores não devem demonstrar o seu comprometimento apenas durante a disputa da Copa das Confederações mas sim em todas as partidas disputadas pela seleção.

- Eles não devem esperar a Copa das Confederações para mostrar seu futebol. Se estão aqui é porque são bons. Essa qualidade deve ser mostrada dia após dia. O importante é o que o jogador faz todos os dias para estar aqui – completou.

Um dos únicos jogadores que não é constantemente criticado pelos torcedores é o atacante Chicharito Hernández, do Manchester United. Principal artilheiro da equipe mexicana, o atleta não tem feito gols com a camisa da seleção, mas a maior parte da culpa não é sua: a criação de jogadas do México é deficiente.

De la Torre não confirmou, mas a escalação mexicana que deve enfrentar a Itália é a mesma que empatou com a Costa Rica na última terça-feira: Corona; Flores, Rodriguez, Moreno, Salcido; Barrera, Herrera, Zavala, Guardado; Chicharito Hernandez e Aldo de Nigris.

VAVEL Logo