Arshavin marca, mas Zenit apenas empata com o Kuban

Em jogo válido pela terceira rodada da Russian Premier League, o Zenit recebeu o Kuban Krasnodar no Estádio Petrovsky e não conseguiu passar de um empate por 1x1. Arshavin marcou seu primeiro gol em sua reestreia no time que o alavancou ao futebol mundial. Bucur fez o tento dos Auriverdes deixando tudo igual. O atual vice-campeão russo soma quatro pontos em três partidas disputadas e dependendo de resultados, pois esse foi o jogo de abertura da rodada, poderá ficar a cinco pontos de distância da primeira colocação.

Primeira etapa sem muita emoção

O duelo começou equilibrado. Com forte marcação no meio campo, o Kuban conseguiu travar o jogo e realizar alguns contragolpes. As decidas pelos lados tinham como alvo o atacante Cissé, contratado está temporada para ser a ponto de referência do time de Krasnodar, mas a falta de aproximação dos meias dificultou a atuação do atacante, que esteve apagado.

Com troca de passes sem objetividade, o Zenit não conseguiu passar pela barreira amarela nos primeiros 45 minutos. O confronto permaneceu sem grandes chances de gol, para os dois lados, até os 34 minutos.

Nos últimos dez minutos de jogo, o time Azul-branco-turquesa conseguiu melhorar sua movimentação e com os volantes e meias chegando na área teve mais opções de jogadas. Duas boas chances de gol surgiram com Kerzhakov, melhor jogador ofensivo do time de São Petersburgo, mas o goleiro Belenov realizou belas intervenções.

Gol para os dois lados em momentos inesperados

O time verde-amarelo, que terminou o primeiro tempo na retaguarda e sendo pressionado, começou a segunda etapa com boas jogadas aéreas ofensivas. Mas quem quase abriu o placar foi o time mandante. Aos cinco minuto, Danny criou ótima jogada, deixando Faizulin na cara do gol e, mais uma vez, o goleiro adversário salvou.

Com nove minutos do segundo tempo Arshavin foi a campo no  lugar do jovem lateral direito Dzhamaldin. Com a mudança, Tymoshchuk foi deslocado para zaga e Luis Neto ocupou a lateral direita. A alteração aparentou não fazer bem ao Zenit, que sem o ucraniano ex-Bayern no meio, perdeu força naquele setor do campo.

O Kuban começou a ter espaço para atacar e chegou perto de abrir o placar. Aos 15 minutos, Popov colocou Bucur em profundidade, mas o meia esquerda chutou cruzado sem direção. Dois minutos depois, Balde, que havia entrado no lugar de Cissé, recebeu nas costas dos dois zagueiros, no rumo do gol, mas foi muito detalhista e acabou desarmado.

Em seu pior momento na partida, o Zenit conseguiu abrir o placar. Aos 20 minutos, Danny colocou  Kerzhakov em velocidade na direita, o atacante cruzou para Arshavin, no meio da área, completar para o gol vazio.

Com a vantagem no marcador, os donos da casa começaram a prender a posse de bola e trocar passes sem forçar o ataque. O time visitante não conseguia reação, mas o segundo tempo guardou gols nos momentos ruins de cada time e com o Kuban não foi diferente.

Aos 33 minutos, em jogada que se mostrava sem muito perigo, Popov chutou de fora da área e Bucur conseguiu desviar a trajetória da bola. Sem chance para o goleiro Lodigin. O placar anotava 1x1.

O empate persistiu e o Zenit tropeçou de novo. O time treinado por Spalletti quis segurar a vantagem quando ainda existia muito jogo pela frente e foi castigado.

VAVEL Logo