Chivas USA segura LA Galaxy, e clássico de Los Angeles termina empatado
Zardes em disputa com Alvarez (Foto: Divulgação/LA Galaxy)

Neste domingo (08), o La Galaxy recebeu o Chivas USA no StubHub Center, no Super Clássico de Los Angeles, e a partida acabou empatada em 1 a 1, com gols de Erick Torres e Gyasi Zardes. O resultado foi péssimo para as duas equipes. Os tetracampeões se encontram apenas na 7ª colocação na Conferência Oeste, com 17 pontos, enquato os Goats permanecem em último no mesmo grupo, seis pontos atrás.

O destaque da partida foi Dan Kennedy, o goleiro do Chivas USA fazia seu jogo de número 124 com a camisa rojiblanca, sendo assim o atleta com mais jogos pela equipe. Além disso, Erick Torres era a grande estrela da partida, e ele não decepcionou, marcou o gol que abriu os trabalhos. Quatro argentinos começaram no time titular: Rosales, Rivero, Pelletieri e Barrera. Os dois primeiros fizeram um bom jogo, enquanto que os outros jogaram abaixo do esperado. Bocanegra, que não apareceu nas prévias, acabou jogado.

LA Galaxy vinha muito mexido, a defesa estava toda remendada, ao começar por Gargan na direita, o jogador teve problemas nos treinamentos da semana, Leonardo e DeLaGarza não passaram a segurança necessária para a equipe. Rogers está improvisado da esquerda, jogou bem no ataque, mas foi péssimo na marcação. O time sentiu a falta do capitão Keane, Samuel seu substituto não foi bem e Friend atuou pouco. Dos quatro brasileiros, apenas Marcelo Sarvas se destacou, dando a assistência para o gol de Zardes.

Torres abre o placar, porém Zardes marca de cabeça e empata a partida

Os mandantes começaram tocando mais a bola, mas foram os visitantes que tiveram a primeira boa chance. Avila cruzou para Torres que acabou travado no momento da conclusão. LA respondeu com Leonardo, falta cobrada para a área, disputa no alto e a bola sobrou para o zagueiro chutar fraco nas mãos do goleiro. Rivero recebeu bom passe em profundidade de Torres, tirou o marcador e chutou cruzado, Penedo encaixou. O Chivas explorava bem as jogadas em velocidade, a defesa do Galaxy estava um pouco perdida. Em compensação o meio campo estava até então bem, com 72 % de posse de bola nos primeiros 12 minutos.

Chivas teve grande oportunidade de abrir o placar, após escanteio Bocanegra subiu livre e testou para baixo e Penedo com muita dificuldade conseguiu espalmar, a defesa afastou o perigo. Poucos minutos depois veio o inevitável. Contra golpe mortal, Rosales passou para Rivero, o mesmo tocou para Torres que deu um lindo drible em Leonardo e chutou no cantinho, sem chances para o goleiro.

Depois disso os verde e ouro partiram para o ataque, mesmo que de forma desorganizada. Gargan cruzou da direita, Zardes disputou com o marcador, a bola sobrou para Donovan de fora da área mandar no ângulo, Kennedy fez brilhante defesa contando com a ajuda da trave, no rebote Marcelo Sarvas testou fraco e o goleiro recordista teve tempo para reagir e defender.

Os erros por parte dos tetracampeões persistiam eles pareciam desentrosados, os Goats apenas cercavam e tentavam deixar o tempo passar. Na base do abafa, Los Angeles empatou o jogo, Ishizaki foi insistente, rolou para Marcelo, o brasileiro cruzou da entrada da área na cabeça Zardes, que subiu mais alto que o zagueiro testando para as redes. Já que os rojiblancos estavam fechados, o jeito encontrado para tentar a virada foram os chutes de longe. Ishizaki e Gargan arriscaram, porém sem sucesso.

Galaxy tenta a vitória, mas não conseguem os três pontos

Com poucos minutos da volta do intervalo, Marcelo disputou com Rosales, o argentino acabou levando a pior. Samuel foi perigoso, Ishizaki cobrou escanteio e o camisa 9 ficou com a sobra, mas não soube aproveitar. O Galaxy pressionava, Zardes escorou de cabeça para Samuel que novamente desperdiçou, dessa vez ele chutou muito por cima da meta. Barrera tentou tirar o Chivas da defensiva, mas disparou totalmente errado, sem perigo.

LA buscava jogadas mais agudas, os rojiblancos marcavam muito e impediam a progressão dos rivais. Bruce Arena vendo o fraco desempenho ofensivo do seu time, colocou Rob Friend na vaga de Samuel. Os visitantes tentavam alguns contra ataques, mas erravam o último passe. Buscando uma melhor proteção na defesa, Wilmer Cabrera fez algumas mudanças no posicionamento do time.

A vitória era obrigação, Arena tirou um volante, Sarvas, e colocou Hoffman, atacante que vem fazendo boas partidas no time B de LA. Avila pegou o rebote de um escanteio, dominou e chutou para fora. A torcida já estava irritada com a quantidade de erros do Galaxy, a equipe não mostrava raça e nem determinação em vencer. Para o Chivas o resultado era bom e apenas marcava, fechando os espaços. Friend recebeu bom passe, tocou de peito para Hoffman que não teve tranquilidade no momento da finalização. Na pultima chance do jogo, Gargan mandou o arremeço lateral para a área, Zardes livre furou incrivelmente, A bola sobrou para Hoffman que chutou em cima do goleiro, no rebote o time não aproveitou.

Veja os melhores momentos:

VAVEL Logo