Mulher de Romero explica papel que goleiro olhou antes das cobranças

Herói nas semifinais da Copa do Mundo de 2014, diante a Holanda, por defender duas cobranças, Romero foi flagrado olhando um papel antes da decisão por pênaltis. Especulados por muitos de ter uma "cola" sobre as características dos batedores, a mulher de Romero, Eliana Guercio, revelou o conteúdo das anotações.

Enquanto ocorriam as cobranças, Sérgio Romero consultava um papel, guardado em seu calção. Sobre o polêmico papel, Eliana Guercio explicou: "Era uma carta que eu escrevi no mês que eu o conheci, e ele viajou para Pequim, jogar os Jogos Olímpicos. Peguei uma caneta e escrevi uma linda mensagem, o desejando o melhor. Em 2008, o papel deu sorte e fomos campeões. Ele guardou a mensagem e a leva nos jogos importantes." 

Mesmo assim, o goleiro revelou ter estudado bastante a série da Holanda diante da Costa Rica, nas quartas de final. Tanto que, em entrevista, lembrou que os dois únicos pênaltis que não defendeu foram cobrados de maneira diferente: "Sabíamos um pouco como eles batiam, mas Robben e Kuyt trocaram de lado. No primeiro, fui intuitivo e fui com tudo para esquerda. Quando pegamos o primeiro pênalti, simplifica tudo para todos. Ficam mais tranquilos".

Sobre a comemoração, a qual o goleiro beixa a mão e aponta à torcida, Guercio se sentiu orgulhosa. O goleiro Chiquito Romero dedicou as defesas à sua família, muito importante no apoio emocional, já que há duas temporadas o goleiro é reserva em seus clubes, Sampdoria e Monaco: "O beijo punho é para representar a aliança. Meus país não puderam vir, mas estavam no estádio minha esposa, filhas, irmãos, amigos. Com certeza aproveitaram mais do que eu."

A Argentina de Romero, que teve sua noite de Goycochea, já está de volta a Belo Horizonte, onde treinou nesta quinta-feira (10), na Cidade do Galo. A viagem para o Rio de Janeiro está marcada para sábado (12) pela manhã, para a grande decisão de domingo, às 16h, no Maracanã, contra a Alemanha.

VAVEL Logo