Empolgado por classificação na Europa League, Arsenal mede forças com Newcastle

Arsenal viaja até o norte da Inglaterra, neste domingo (15), para encarar o Newcastle no St. James’ Park, às 9h30 (horário de Brasília). O jogo é válido pela 34ª rodada da Premier League. Ambos os clubes tentam dar sequência ao bom momento vivido na competição, já que os dois vêm de três vitórias consecutivas.

Ocupando a sexta posição da tabela com 54 pontos conquistados, os Gunners não têm muito mais pelo que brigar no campeonato. Matematicamente, ainda existe chance de ficar entre os quatro primeiros, mas elas são pequenas, pois a distância atual para o quarto colocado Tottenham é de 13 pontos, embora o clube tenha dois jogos a menos (os Spurs já jogaram na rodada). Além disso, as atenções estão voltadas para a Europa League nesta reta final de temporada.

Do lado dos Magpies, que estão na 10ª colocação com 38 pontos ganhos, a ideia é somar pontos para acabar com qualquer chance matemática de rebaixamento. A última vez que o clube conquistou quatro vitórias consecutivas na Premier League foi em novembro de 2014. Na oportunidade, foram cinco triunfos seguidos. 

O último encontro entre as duas equipes aconteceu em dezembro de 2017, pelo primeiro turno do campeonato. Na ocasião, o Arsenal levou a melhor sobre o Newcastle no Emirates Stadium, vencendo por 1 a 0. Mesut Özil foi o autor do único gol da partida.

Arsenal tem certezas e incertezas para o confronto

Para a partida deste domingo, o Arsenal não conta com o goleiro David Ospina, que tem um problema no tornozelo, e com o meia Henrikh Mkhitaryan, com uma lesão no joelho.

Os meias Aaron Ramsey, que sofreu um corte profundo na perna no jogo da última quinta-feira contra o CSKA e Granit Xhaka, que não viajou até a Rússia por estar doente, são dúvidas para o duelo.

Por outro lado, o também meia Mohamed Elneny teve o cartão vermelho levado contra o Southampton anulado pela Federação Inglesa e fica a disposição do técnico Arsène Wenger. Indisponível para atuar na Europa League, o atacante Pierre-Emerick Aubameyang é outro que reforça o time.

“Estamos mais perto do que antes de evitar o rebaixamento”, diz Benítez

O Newcastle não tem problemas de lesão no elenco para o jogo. Na entrevista coletiva, o técnico Rafa Benítez fez muitos elogios ao adversário e a sua equipe também, especialmente aos reforços trazidos janela de transferências de janeiro.

"A realidade é que o Arsenal é um dos melhores times do futebol inglês. Eles são um time enorme, com bons jogadores e um ótimo técnico com grande experiência, então eles têm muitas coisas. É por isso que eles estão na Europa há tantos anos. Neste ano, as pessoas dizem: 'Ah, eles não estão na Liga dos Campeões', mas estão na semifinal da Liga Europa, o que significa alguma coisa", afirmou o treinador.

“Quando trouxemos Dúbravka e Kenedy, eles nos deram coisas diferentes, como uma competição em diversas posições e todo mundo estava tentando treinar duro. Eu acho que foi um fator chave, e depois disso, a experiência e a mentalidade de equipe que esse grupo tem é boa. A ideia é chegar aos 40 pontos e temos que tentar fazer isso. Estamos mais perto do que antes de evitar o rebaixamento, mas ainda assim, dois pontos serão a chave e a marca que estamos tentando alcançar”, finalizou.

VAVEL Logo