Capitão do Lanús, Maxi Velazquez enaltece início do Grêmio: "Fizeram grande primeiro tempo"

O jogador ainda exaltou o orgulho pela equipe, apesar da derrota;

Capitão do Lanús, Maxi Velazquez enaltece início do Grêmio: "Fizeram grande primeiro tempo"
(Foto: Getty Images)

A taça não veio. Diferente de contra o River Plate, na semi-final, o Lanús não conseguiu reverter a diferença diante do Grêmio e acabou perdendo a taça da Copa Libertadores da América 2017. Além do 1 a 0 em Porto Alegre, a derrota por 2 a 1 por parte do Lanús, no estádio La Fortaleza deu o título para o Grêmio.

Em dois contra-ataques, o tricolor gaúcho sacramentou o título. Primeiro com Fernandinho, que disparou sozinho e mandou para o fundo das redes em descida para o ataque e mandou uma bom indefensável para o gol do goleiro argentino Andrada, aos 27 minutos. Depois Luan recebeu de Jaílson e invadiu a área e na frente de Andrada deu uma “cavadinha” e mandou pro fundo das redes, aos 40. No segundo tempo, aos 27, Jaílson comete pênalti em Acosta. Sand cobra e converte para o Lanús. Ao apito final, tristeza argentina e o título para os Tricolores.

Com o término do jogo, Maxi Velázquez , lateral-esquerdo e capitão do Lanús com lágrimas nos olhos, se disse muito orgulhoso pelo ano da equipe, apesar da dor da derrota pela perda do título que seria histórico para o clube argentino. Em uma breve análise do jogo, Velázquez destacou a atuação do Grêmio: “Eles fizeram um bom primeiro tempo, são uma boa equipe, eles encontraram espaços e aproveitaram isso, é difícil fazer uma análise". Ao finalizar, o capitão agradeceu: "Há o reconhecimento por esses dois anos de trabalho, tivemos muitas alegrias, é duro, mas temos que seguir", completou.

Após a derrota em sua primeira final de Copa Libertadores, o Lanús volta a campo na próxima segunda-feira (04), às  18:00 diante do Vélez Sarsifield, no estádio La Fortaleza, pela 11ª rodada do Campeonato Argentino. Atualmente, a equipe grená ocupa a 20ª posição no torneio nacional, com 12 pontos.