Galo goleia o Tombense e carimba vaga na final do Mineiro
Foto: Reprodução/Atlético-MG - Bruno Cantini

No Independência o Atlético-MG não tomou conhecimento do Tombense, goleou e garantiu a vaga na final do Campeonato Mineiro. Mesmo sem Ronaldinho, Réver e Leandro Donizete, o Galo voltou a apresentar o futebol bonito que vem encantando os torcedores e concluiu em cinco gols as grandes jogadas criadas pela equipe. Agora o Atlético espera o jogo de volta entre Villa e Cruzeiro para saber quem será o seu adversário na decisão. O Cruzeiro tem grande vantagem, venceu o jogo de ida fora de casa por 4 a 0.

Goleada construída logo no primeiro tempo

O Galo começou o jogo como sempre no Independência, sem dar tempo ao adversário, tocando a bola em velocidade e sufocando a defesa do oponente. Logo aos 2 minutos, Luan entrou em velocidade e concluiu para o gol uma bela troca de passes entre Tardelli e Marcos Rocha. O Atlético continuou pressionando, mantendo a posse de bola. O Tombense não encontrava espaços nem mesmo nos poucos contra-ataques oferecidos pelo time da casa. Aos 12 minutos, Bernard cruzou com perfeição para Gilberto Silva marcar da cabeça o segundo do Galo. Foi o primeiro gol de Gilberto após a sua volta ao Atlético.

Aos 26 minutos, Bernard sentiu dores no ombro e logo pediu para sair. Guilherme entrou em seu lugar. A entrada de Guilherme dividiu a torcida, alguns o vaiavam insatisfeitos com a polêmica causada por ele e seu empresário durante a semana, outros cantavam o seu nome e o apoiavam.

 O Galo diminuiu o ritmo no decorrer do primeiro tempo, mas aos 41 minutos voltou a balançar as redes do Tombense, com Leonardo Silva de cabeça, após cruzamento de Tardelli em cobrança de falta.

Mesmo sem Bernard e poupando Tardelli, Galo domina o segundo tempo e aumenta o placar

Para o segundo tempo, Cuca poupou Diego Tardelli e o substituiu por Rosinei. Num ritmo um pouco menor, sem tanta correria, o Galo continuou mantendo a posse de bola e empurrando o Tombense para o seu campo de defesa. Após muito tocar a bola, Guilherme mostrou visão de jogo e acertou belo passe para o volante Josué que bateu por baixo do goleiro e marcou o 4º. 

Com o Galo diminuindo o ritmo, o Tombense passou a conseguir subidas ao ataque. Em uma delas, Alex escapou pela esquerda, invadiu a área e foi derrubado por Leonardo Silva. Na cobrança de pênalti, Júnior Negão deslocou Victor e diminuiu para o Tombense. O gol de nada valeu para a equipe de Tombos, mas foi importante para o autor do gol, Júnior Negão, que manteve a liderança do campeonato que está próximo do fim.

Após sofrer o primeiro gol, mesmo em ritmo de treino, o Galo não voltou a oferecer espaços para o adversário e ainda marcou mais um tento. Alecsandro, que entrou no lugar de Jô chutou  dentro da área e a bola bateu na mão de Léo. Na cobrança, o contestado Guilherme converteu, fazendo as pazes com a torcida e garantindo mais uma goleda para o Galo, agora finalista do campeonato.

Foco volta a Libertadores

Após se classificar para a final do Campeonato Mineiro, o Galo volta o foco para o São Paulo. O time fará o jogo de volta das oitavas de final da competição continental contra o tricolor, na próxima quarta-feira (08), no Independência.

VAVEL Logo