Situação de Éverton não apresenta melhora e volta aos gramados não é certa
Éverton pode não voltar a jogar

Éverton Costa, assim como o departamento médico do Vasco, estava otimista quanto aos resultados dos exames após ser diagnosticado com uma arritmia cardíaca. Mas as notícias não foram, nem um pouco, animadoras. .

De acordo com o médico Gustavo Gouvêia, contratado pelo Vasco para analisar o caso, não houve melhora na região do coração afetada pela arritmia, ao contrário da expectativa no clube. O jogador terá que usar, provavelmente, um marca-passo já na próxima semana. A volta do atleta aos gramados ainda não é dada como certa.

"A região do coração está exatamente igual. Não houve melhora e nem piora. Não era o resultado que a gente esperava. Existe uma grande possibilidade  da região não melhorar e se tornar uma cicatriz. Ele tem uma chance, e não é pequena, de voltar a ter uma arritmia", afirmou Gouvêa durante entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira (22), no CFZ.

A arritmia aconteceu no dia 16 de abriu, quando o jogador deixou São Januário de ambulância durante a partida contra o Resende, pela Copa do Brasil. Éverton teve que ficar internado durante seis dias até ser liberado para seguir o tratamento em casa.

VAVEL Logo