Na estreia de Oliveira Canindé, Léo Gamalho marca duas vezes e Santa Cruz vence o Oeste
Foto: Marlon Costa/FPF

Na noite desta terça-feira (23), o Santa Cruz recebeu o Oeste no estádio do Arruda, em Recife, Pernambuco. O duelo, válido pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro marcou a estreia do técnico Oliveira Canindé no comando do tricolor pernambucano. A equipe Coral estava pressionada por conta dos últimos resultados negativos, mas desta vez acabou não decepcionando sua torcida e ficou com a vitória, por 3 a 0. Os dois gols foram marcados por Léo Gamalho  e Keno.

Com o resultado, o Santa Cruz chegou aos 34 pontos e ficou na décima posição. A equipe Coral vale lembrar, ainda tem um jogo a menos na competição. Já o Oeste está ocupando a 15ª colocação, com 27 pontos. O time de Itápolis está a seis pontos da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro.

Na próxima rodada, que será a 26ª da Série B do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz vai até Minas Gerais enfrentar, no sábado (27), a equipe do América-MG, às 16h10, na Arena Independência. Já o Oeste terá pela frente, no mesmo dia e horário, o Bragantino. O duelo acontecerá em Itápolis, que é a casa do rubro-negro paulista.

Léo Gamalho marca no fim e coloca o tricolor na frente

O Santa Cruz foi o primeiro a levar perigo no jogo. O zagueiro Renan Fonseca cabeceou, após cobrança de escanteio, e a bola passou perto do gol do Oeste. Depois foi a vez do lateral-esquerdo Julinho bateu, sem ângulo, no entanto, o goleiro Anderson estava atento e fez a defesa. O tricolor do Arruda perdeu um pouco do ritmo e a partida foi ficando bem morna, sem grandes chances para os dois lados.

O meia Danilo Pires quase marcou um belo gol, sem querer. Ele fez uma jogada na direita e tentou cruzar, mas a bola fez uma curva e acabou parando na trave esquerda do goleiro Anderson. Depois disso, o Santa Cruz não levou mais perigo, pois estava finalizando mal. Com isso, a torcida Coral começou a ficar impaciente nas arquibancadas do estádio.

A equipe do Santa Cruz era quem mais estava finalizando, mas sempre ariscava de fora da área, pois tinha dificuldade para entrar na defesa dos paulistas, que pouco levava perigo ao goleiro Tiago Cardoso. Quando o Santa Cruz chutou de dentro da área, a bola entrou. Em jogada pela direita, o volante Danilo Pires olhou para área e cruzou rasteiro. A bola chegou até o atacante Léo Gamalho, que bateu no canto e fez a festa dos tricolores.

Com o gol, a torcida do tricolor ficou mais calma e com isso o time controlou o resultados nos minutos restante e sem dificuldades, principalmente, porque o Oeste adotou uma postura muito defensiva na primeira etapa, garantiu o 1 a 0.

Santa Cruz amplia e garante vitória na estreia do novo treinador

Na segunda etapa, Santa Cruz e Oeste voltaram sem alterações. Com a bola rolando, os paulistas adotaram uma postura diferente do primeiro tempo, talvez por conta do placar adverso, e acabou saindo mais para o jogo. O atacante Roger Gaúcho quase empatou a partida. Ele ficou na cara do gol e tocou na saída do goleiro Tiago Cardoso, mas a bola passou perto da trave e não entrou.O Oeste estava muito melhor, e a torcida da casa voltou a vaiar.

Com isso, o técnico Oliveira Canindé resolveu chamar o lateral-esquerdo Tiago Costa para substituir Julinho. No Oeste, o treinador Roberto Cavalo tirou o meia Cléber para colocar o atacante Jackson. Deste jeito, o time paulista iria sair ainda mais para o ataque. Mesmo querendo o empate, a grande oportunidade do segundo tempo ficou com o Santa Cruz.

Tiago Costa fez boa jogada pela esquerda e foi derrubado dentro da área. O árbitro marcou pênalti e na cobrança o artilheiro Léo Gamalho não deu chances para Anderson e aumentou a vantagem.

O Oeste até tentou chegar ao primeiro gol para esbouçar uma reação na partida, mas acabou não conseguindo e ainda viu o Santa chegar ao terceiro gol, com Keno, que entrou na área em velocidade e bateu muito forte, sem chance para o goleiro Anderson. Assim, o tricolor do Arruda conseguiu garantir os primeiros três pontos na Série B do Campeonato Brasileiro sob o comando do técnico Oliveira Canindé.

VAVEL Logo