Bahia bate Luverdense e avança à terceira fase da Copa do Brasil
Foto: Felipe Oliveira/Bahia

O Bahia está na terceira fase da Copa do Brasil. O tricolor entrou em campo nesta noite de quarta-feira (20) precisando bater o Luverdense, na Arena Fonte Nova, para confirmar a classificação na competição nacional. E acabou conseguindo. Superior, o Esquadrão de Aço venceu por 3 a 1, com os gols sendo marcados por Léo Gamalho, Tiago Real e Willians Santana. Paulinho balançou as redes para o LEC.

Com o resultado desta noite, o Bahia classifica para a terceira fase da Copa do Brasil, onde os tricolores vão enfrentar o Paysandu, que eliminou o ABC na última terça-feira (20). As datas e os horários dos embates de ida e volta ainda serão divulgadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Bahia e Luverdense vão entrar em campo agora pela Série B do Campeonato Brasileiro. O Esquadrão de Aço vai enfrentar o CRB, no sábado (22), às 21h00, no estádio Rei Pelé, em Maceió, Alagoas. Já o LEC vai até o Rio Grande do Norte duelar, no mesmo dia e horário, com o ABC, no estádio Frasqueirão, em Natal.

Bahia domina, marca duas vezes e encaminha classificação 

Grande favorito a ficar com a vaga, o Bahia começou o embate partindo para cima. Os tricolores buscavam impor seu ritmo e não deixavam os rivais atacar. Contudo, a equipe da casa não encontrava espaços para finalizar. Na bola parada, o volante Souza tentou surpreender cobrando por baixo da barreira, mas o chute saiu fraco e o goleiro Edson segurou firme.

O Bahia pressionava e o primeiro tento estava amadurecendo. Primeiramente, Tiago Real recebeu livre, dentro da área, e cabeceou com perigo. Um minuto depois, a bola acabou entrando. Souza fez uma bela jogada e mandou para Léo Gamalho. O atacante passou pela defesa do LEC e bateu muito forte, tirando qualquer possibilidade de defesa do goleiro Edson.

Mesmo sem mostrar um grande poder ofensivo, o Luverdense tentou responder o tricolor aos 17 minutos. Luiz Eduardo fez jogada pela esquerda de ataque e cruzou para área. A bola chegou até Osman, que bateu com o pé esquerdo por cima da meta defendida por Douglas Pires. Apesar disso, o Bahia manteve a tranquilidade e ficou trocando passes na busca do segundo tento.

Com o controle do embate, não demorou muito para o Bahia ampliar o marcador. Isso aconteceu aos 26 minutos. Após boa troca de passes, Tiago Real recebeu, de costa para área, passou por Júlio Terceiro e bateu com o pé esquerdo para a alegria da torcida da casa.

O Esquadrão de Aço quase fez o terceiro ainda na etapa inicial. O zagueiro Montoya falhou, o atacante Zé Roberto chutou de fora da área e parou na trave. Com isso, o primeiro tempo ficou no 2 a 0 para os baianos.

Luverdense diminui, mas Willians Santana marca e tricolor garante classificação

Para o segundo tempo, os dois técnicos resolveram fazer alterações em suas respectivas equipes. No Bahia, entrou Adriano Silva na vaga do lateral-esquerdo Patric, enquanto no Luverdense o volante Júlio Terceiro, que já tinha cartão amarelo, saiu para a entrada do atacante Ciro. Com a bola rolando, o tricolor manteve a forte presença ofensiva e quase chegou ao terceiro gol logo no início. Léo Gamalho, dentro da área, ajeitou de peito para Tiago Real, que bateu forte e a bola passou muito perto da trave.

O LEC tentou diminuir o marcador aos oito minutos. Osman recebeu de Luiz Eduardo e bateu cruzado para uma defesa, em dois tempos, do goleiro Douglas Pires. O Esquadrão de Aço, como já era esperado, diminuiu o ritmo e passou a tentar chegar apenas no erro do adversário. Com isso, os visitantes acabaram balançando as redes. Em cobrança de escanteio, Paulinho pegou bem na bola, surpreendeu o goleiro Douglas Pires e marcou um gol olímpico.

Para responder, os baianos usaram a bola parada. Souza chutou muito forte, da intermediaria, a bola fez uma curva e obrigou o goleiro Edson a espalmar para a linha de fundo. Precisando de um gol, o técnico Júnior Rocha resolveu modificar o LEC. Ele tirou o volante Diego Rosa e promoveu a entrada de Rafael Tavares. Já Sérgio Soares colocou em campo o atacante Willians Santana na vaga do meia Rômulo.

Mesmo com o gol, o Luverdense não encontrou forças para assustar o tricolor e garantir a classificação com o empate. Aliás, o Bahia é quem esteve mais próximo de balançar as redes. Zé Roberto recebeu dentro da área e bateu para uma boa defesa do arqueiro Edson. O tento baiano saiu aos 46 minutos, com Willians Santana. Ele aproveitou um contra-ataque, passou pelo goleiro e garantiu a vitória por 3 a 1.

VAVEL Logo