Brasil de Pelotas vence a primeira na Série C e deixa Guaratinguetá na lanterna do Grupo B
Foto: Divulgação/Brasil de Pelotas

Brasil de Pelotas e Guaratinguetá se enfrentaram na tarde deste domingo (31) em busca da primeira vitória na Série C do Campeonato Brasileiro. A partida, válida pela terceira rodada da terceira divisão nacional, ocorreu no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, pois o Bento Freitas, casa Xavante, passa por reformas. Os rubro-negros venceram por 2 a 0, com gols de Tiago (contra) e Leandrão, chegaram aos cinco pontos e assumiram a terceira colocação do Grupo B. Já a equipe paulista segue com apenas um ponto no certame e amarga a lanterna do grupo.

No próximo domingo (7), o Brasil vai até a Serra Gaúcha para fazer o clássico estadual contra o Caxias, que é o oitavo colocado e ainda não venceu na terceirona. A partida, que ocorre no estádio Centenário, tem início às 15h.

Já o Tricolor do Vale volta a campo na segunda-feira (8), para enfrentar a Portuguesa, quarta colocada, às 20h15. A partida ocorre no estádio Dario Rodrigues Leite.

O Brasil buscou o gol já nos primeiros lances da partida. Aos sete minutos, Nena arriscou chute de fora da área e acertou a rede pelo lado de fora.  Pouco depois, o lateral-esquerdo Xaro cobrou falta com firmeza e a bola saiu por cima da meta, assustando o goleiro Felipe. 

O Guará recuou e seguiu sendo pressionado. Aos 19 minutos, Xaro avançou pela esquerda e cruzou na cabeça de Nena. O artilheiro rubro-negro cabeceou com categoria, exigindo grande defesa de Felipe. Minutos depois, mais uma vez Xaro colocou a bola na área, encontrando a cabeça de Leandro Camilo. O defensor tentou mandar para o gol, mas a bola beliscou a trave e saiu pela linha de fundo.

O gol dos mandantes parecia questão de tempo. Aos 32, após boa troca de passes, a bola acabou chegando em Alex Amado. Da entrada da área, o rápido atacante mandou para o gol, mais uma vez exigindo grande participação de Felipe.

Quando o primeiro tempo se encaminhava para o fim, os gaúchos abriram o placar. Após bola chutada na trave por Felipe Garcia, o zagueiro Tiago tentou afastar, se atrapalhou e acabou mandando contra o próprio patrimônio.

Os paulistas por pouco não foram para o intervalo com uma desvantagem maior. Já nos últimos lances da etapa inicial, o Brasil quase marcou com Alex Amado. O atacante recebeu livre dentro da área e mandou à meta. Mais uma vez, a bola raspou a trave e saiu pela linha de fundo. Na sequência, Felipe Garcia puxou contra-ataque, ingressou na área, driblou Felipe mas pecou na hora da finalização, mandando pra fora.

Para o segundo tempo, esperava-se uma pressão do Guaratinguetá, que precisava do resultado. No entanto, o que se viu foi o mesmo panorama dos primeiros 45 minutos. Aos 10, Diogo Oliveira, um dos melhores jogadores da partida, fez grande jogada, passou pela zaga paulista e mandou colocado. Outra vez, a bola raspou a trave.

Após outras boas participações do goleiro visitante, o Brasil ficou muito perto de ampliar, em lance de Felipe Garcia. O atacante invadiu a área e tocou na saída de Felipe. A bola, que ia entrando, foi afastada pela zaga. 

Aos 35 minutos, a pressão Xavante surtiu efeito. Leandrão, que há pouco tempo havia ingressado no jogo no lugar de Nena, recebeu cruzamento de Diogo Oliveira e, com a parte externa do pé, chutou em curva, sacramentando a primeira vitória rubro-negra na Série C.

VAVEL Logo