Santa Cruz vence Criciúma com tranquilidade e segue firme na luta pelo acesso à Série A
Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz

O Santa Cruz entrou em campo para duelo com o Criciúma na noite desta terça-feira (27), no estádio do Arruda, pela 33ª rodada da Série B, apenas com uma opção: vencer. Os tricolores não fizeram uma grande apresentação, mas souberam marcar bem e aproveitar as oportunidades que tiveram durante os 90 minutos para vencer, com tranquilidade, o Tigre por 2 a 0. Bruno Moraes e Raniel fizeram os gols do Mais Querido.

Com o resultado desta noite, o Santa Cruz continua firme na luta pelo acesso à Série A. Os pernambucanos estão na quinta colocação, com 52 pontos – dois a menos que o quarto colocado, que tem um jogo a menos, Bahia. Já o Criciúma pode ver a zona de rebaixamento um pouco mais perto, pois está na 15ª posição, com 39 pontos. O Ceará, primeiro time do Z-4, soma 32 pontos, com uma partida a menos.

A próxima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro será realizada apenas na semana que vem. O Santa Cruz vai entrar em campo no sábado (7) para fazer um importante duelo, às 17h30 (horário de Brasília), com o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, Bahia. Já o Criciúma terá pela frente, no mesmo dia e horário, um embate diante do Botafogo, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, Santa Catarina.

Tricolor aproveita oportunidade em etapa equilibrada e fica na frente com gol de Bruno Moraes

O confronto começou com os dois times buscando o ataque, sendo que os visitantes ficaram mais com a posse da bola para evitar a pressão dos donos da casa, que estavam fechando bem os espaços e procurando tocar mais a bola para chegar com mais qualidade ao setor ofensivo. Os dois times, entretanto, estavam com dificuldades para encontrar espaços e finalizar para obrigar os goleiros a trabalharem, algo que não aconteceu durante os 14 minutos iniciais.

Quando chutou, o tricolor balançou as redes. Aos 14 minutos, Vitor roubou uma bola no meio-campo e acionou Luisinho na direita. Com a lentidão na marcação adversária, o atacante entrou com liberdade e cruzou para Bruno Moraes tocar para o gol e festejar com a torcida Coral. Em seguida, Allan Vieira já tentou aumentar o placar, quando avançou pelo meio e acertou um chute muito forte, no entanto, a bola passou à direita do gol defendido por Luiz.

Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz

Mesmo não fazendo uma boa apresentação ofensivamente, o Tigre teve uma boa oportunidade de levar perigo aos 29 minutos, quando Natan acertou um belo passe pelo meio-campo e Bruno Lopes entrou com liberdade pela direita, mas acabou cruzou muito mal e a defesa pernambucana afastou antes da chegada de Hugo. Depois, Dudu tentou assustar Tiago Cardoso com um chute forte de fora da área, mas a bola desviou na defesa e foi para fora.

O Criciúma foi crescendo com o passar do tempo, enquanto o Santa Cruz parou de criar as jogadas no meio-campo, apostando apenas na ligação direta. O empate quase aconteceu quando Dudu cruzou a bola e Bruno Lopes mandou de cabeça para uma importante defesa de Tiago Cardoso. Com isso, a etapa inicial terminou mesmo no 1 a 0 favorável aos donos da casa.

Raniel marca e garante vitória tranquila do Santa Cruz

Para o segundo tempo, os dois técnicos resolveram manter os mesmos jogadores que terminaram a etapa inicial. Com a bola rolando, os tricolores voltaram com uma presença maior no ataque e Bruno Moraes, logo no início, teve uma ótima oportunidade de aumentar a vantagem, mas ele, que ficou livre na grande área, acabou chutando para fora a bola oriunda de um belo cruzamento feito por Wellington Cézar.

Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz

Pressionando, os pernambucanos foram perdendo algumas chances incríveis, como aos sete minutos. No lance, Daniel Costa levantou a bola na área, a defesa não afastou e Alemão, na pequena área, acabou acertando o travessão. Para diminuir o ímpeto do adversário, o técnico Roberto Cavalo resolveu mexer no sistema defensivo tirando o lateral-esquerdo Cristiano e acionando Jefferson. Já Marcelo Martelotte colocou Raniel na vaga de Luisinho.

Os tricolores foram administrando o resultado e buscando aumentar a vantagem, mas sem obrigar o goleiro Luiz a fazer grandes intervenções. Pelo lado dos visitantes, a inoperância ofensiva era bem evidente e Tiago Cardoso tinha pouco trabalho. Aos 28 minutos, enfim, os corais garantiram a vitória. João Paulo cruzou a bola na área e Raniel, de cabeça, mandou para o fundo das redes, garantindo assim o triunfo por 2 a 0.

VAVEL Logo