Chapecoense bate Internacional com gol de Ananias e garante permanência no Brasileirão
(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Com incidências, assim começou o confronto entre Chapecoence versus Internacional, a partida que até então estava marcada para às 19h30min, teve um breve atraso, tendo como motivo a queda de um poste próximo ao estádio, deste modo houve falta de luz na Arena Condá, ficando sem condições de jogo. Acontecido que poderia ter atrapalhado a preparação física das duas equipes segundo o técnico Guto Ferreira.

Às 20h20min, com todos os refletores funcionando, o árbitro Marcelo de Lima Henrique deu início a partida. Partida por sinal, muito importante tanto para Chapecoense quanto para o time colorado. Chapecoense por um lado vencedora da partida, se garantiu na elite para o próximo ano, enquando o Inter, vê seu sonho de chegar até a Libertadores da América indo embora.

Em primeiro tempo equilibrado, nenhuma das duas equipes é efetiva o bastante para abrir o placar

Logo ao início da partida, notamos um Internacional com forte marcação na frente, assim impossiblitando a chapecoense de chegar próxima ao gol colorado. Demorou um pouco para o time da casa se encontrar na partida, mas nas horas que chegaram fizeram a diferença e deram muito trabalho para o goleiro Alisson, deste modo fazendo uma partida mais equilibrada e difícil de apontar um vencedor.

 Time colorado iniciou com tudo, em primeiro minuto, D'Alessandro finalizou na entrada da área, mas mandou por cima da área de Nivaldo. Logo após ocorreram as melhores chances para o colorado, aos 4min Juan chega de cabeçada, dificultando a vida do goleiro. Ainda aos 24min Vitinho recebe bola na cara do gol e finaliza de canhota, e a bola vai direto para fora.

Por parte da Chapecoense, aos 4min Maranhão arrancou com a bola, mas Ernando e Paulão estavam bem colocados. O clube catarinence chegou com bastante força, através da dupla Apodi e Maranhão, os dois por sinal, foram responsáveis pelas melhores jogadas da equipe catarinence nesta primeira etapa.

Como podemos ver, foi um primeiro tempo bastante equilibrado entre as duas equipes, as duas com bastante chances de abrir o placar, mas nenhuma foi efetiva o bastante.

Segundo tempo de domínio por parte do time da casa, e sem chances para o time visitante  

Com nenhuma mudança no intervalo, começa o segundo tempo na Arena Condá. Sem gols e com os dois times precisando da vitória, Chapecoense por um lado buscando se distanciar do Z-4, enquando o Internacional ainda buscava uma distante vaga para Libertadores da América 2016. 

Logo no inicio da segunda etapa, D'Alessandro lançou a bola na bagunçada defesa do time da casa, e após muitas tentativas a gol, os defensores conseguiram salvar, essa que até então foi a única chance da equipe colorada, que entrou aparentemente cansada e ainda de cabeça cheia. Assim, contando com a expulsão de Juan aos 16 min e vários cartões amarelos, inclusive para o capitão colorado, D'alessandro, um tanto estressado em campo.

Chapecoense, por outro lado, aproveitando as falhas do time colorado. 3min após a expulsão de Juan, abre o placar com Ananias. Time da casa que já dominava  a partida, se afirmou mais ainda e ficou confiante, se fechando assim não deixando brechas para o Internacional, até então apagado da partida, chegar.  Ainda aos 32 min, Maranhão marca mais um gol, mas arbitro estava  bem colocado e  marca o impedimento.

Minutos finais em Chapecó, placar tudo indica já selado. No finalzinho, Argel ainda aposta na velocidade de Alisson Farias no lugar de Rodrigo Dourado, mas de nada adiantou, Vitinho e Alisson Farias pouco se acharam, assim time colorado voltou a Porto Alegre levando na bagagem mais uma derrota. Time de Chapecó foi melhor em todos os aspectos e mereceu a vitória, esta que o afasta do Z-4 e o garante na série A do Campeonato Brasileiro 2016.

Chapecoence volta a campo, neste domingo (22), às 17h, onde enfrentará o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, buscando mais uma vitória para se consolidar com oito partidas de invencibilidade no campeonato.

VAVEL Logo