Em Majestoso marcado pela entrega da taça ao Corinthians, São Paulo quer manter esperanças por Libertadores
Foto: Marcello Neves/ Editoria de Arte/ VAVEL Brasil

O Campeonato Brasileiro 2015 acabou para o objetivo principal dos clubes. Dos 20 que disputam, apenas um poderia ser campeão e, com três rodadas de antecedência, o Corinthians se sagrou hexacampeão após quatro anos e terá o desejado troféu de campeão justamente contra um de seus maiores rivais, o São Paulo. A VAVEL Brasil acompanhará tudo do duelo, com início às 17h, horário brasileiro de verão.

O Majestoso da 36ª rodada terá muito em jogo. A glória, a festa, a chance de atrapalhar o rival, a honra, a possibilidade de quebrar recordes, a vida na Libertadores... O clássico na Arena Corinthians vai pegar fogo.

O Timão vem de empate contra o Vasco jogando no caldeirão de São Januário. O resultado deu o título antecipado ao alvinegro paulista e a festa da conquista começou antes mesmo do fim da partida. Neste duelo, os jogadores que atuaram pela Seleção Brasileira dias antes, jogaram, e até por isso, serão poupados neste domingo.

O lado tricolor do Majestoso terá novamente o desfalque de Rogério Ceni. O ídolo perderá a chance de atuar pela última vez contra o Timão, já que sua aposentadoria se aproxima cada vez mais. O São Paulo vem embalado após grande vitória contra o Atlético MG, no Morumbi. Resultado esse que colocou o time no G4 e ainda ajudou o rival de logo mais a conquistar o título, já que o tropeço do Galo ajudou o Timão.

Festa? Nem tanto...

Desde quinta-feira, a Fiel é só festa. Conquistando seu sexto título, o Timão entra para o clássico pensando apenas em quebrar recordes e melhorar seus números. A chance de ser o melhor time da história dos pontos corridos é real e para isso, Tite quer manter foco total na equipe.

Até por isso, a comemoração ficará para antes e depois do jogo. A taça de campeão será entregue para Ralf, capitão confirmado por Tite e que ainda vive impasse sobre a sua renovação. O clima de festa será enorme e a Fiel já sabe que terá recorde de público em sua arena, com mais de 45 mil ingressos vendidos. Só que o treinador da equipe vai em busca da vitória, apesar de aliviar na concentração do elenco. Jogadores irão se apresentar às 11 da manhã, dando tranquilidade e paz.

O título conquistado pode abrir espaço para outros jogadores do plantel. Já no clássico, a equipe terá mudanças. Gil, Elias e Renato Augusto, que jogaram pela Seleção Brasileira e contra o Vasco, em menos de dois dias, serão poupados e começarão no banco. O comandante alvinegro falou sobre o desgaste e dividiu a tarefa de escalar com seu preparador físico.

"Os três estão fora, então estou montando esse quebra-cabeça ainda. Vou conversando com o Fábio Mahseredjian sobre a parte física e clínica dos jogadores."

Sem os três importantes jogadores, o elenco corinthiano estará novamente à prova. O provável time que estará em campo terá Cássio; Edílson, Felipe, Edu Dracena, Arana; Ralf; Jádson, Bruno Henrique, Rodriguinho, Malcom; Love. Técnico: Tite.

Para carimbar a faixa e sobreviver no G4

Se o lado mandante é só festa, o visitante do Majestoso tem muito a se disputar, em Itaquera. Brigando por uma vaga na Libertadores do ano que vem, o São Paulo precisa de uma vitória para não depender de ninguém, seguindo assim, dentro do G4 do Brasileirão.

A ótima vitória em casa, contra o Galo, deu um novo fôlego ao time, agora comandado até o fim do ano por Milton Cruz. Ainda sentindo muito os vários problemas extra-campo e sem ter a referência Rogério Ceni, com lesão no tornozelo direito, o Tricolor vai apostar na ressaca do título rival para carimbar a faixa e jogar água no chopp alvinegro. A possibilidade dos são-paulinos entregarem a faixa de campeão ao Corinthians não foi bem aceita por Allan Kardec, autor de dois gols na última vitória tricolor. Para ele, a ação não seria bem vista.

"Eu não tenho a mínima vontade de fazer isso. Não sei se alguém já entregou a faixa para o adversário, mas ainda mais em clássico, me sentiria muito incomodado. Os torcedores falam nas ruas de entregar a faixa. Como já falei: o Corinthians teve o objetivo concluído, mas nós temos o nosso, que virou durante o campeonato, porque não deveria ser a meta de um grande time como o São Paulo. Temos de pensar sempre em título, mas o que sobrou foi o G-4 e temos de nos manter ali. Entrega de faixa não ficaria bem."

Além de Rogério Ceni, o Tricolor segue sem Breno e Luis Eduardo, ambos com problemas mais sérios e fora do fim da temporada. Outro que será desfalque, mas já sabedor disso, é Alexandre Pato, Por força de contrato, já que ainda pertence ao Corinthians, o atacante está fora e dificilmente retorna ao time alvinegro para o ano que vem. Por isso, a dupla de ataque deverá ser formada por Allan Kardec e Luís Fabiano, carrasco corinthiano. O provável São Paulo terá Denis; Bruno, Lucão, Rodrigo Caio, Reinaldo; Thiago Mendes, Wesley, Ganso, Michel Bastos; Allan Kardec, Luís Fabiano. Técnico: Milton Cruz.

A arbitragem do jogo ficará por conta de Péricles Bassols (RJ), com Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Miguel Caetano da Costa (SP). A partida terá cobertura especial da VAVEL Brasil e do perfil da VAVEL Corinthians.

VAVEL Logo