América-MG cria boas chances, erra muito e empata sem gols com a URT
Foto: Carlos Cruz/América-MG

Mesmo com um jogo aberto e cercado de boas oportunidades de gols, América-MG e URT não saíram de um empate em 0 a 0, na noite desse domingo (5), pela segunda rodada do Campeonato Mineiro. A partida foi disputada na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). O resultado fez com que os dois times caíssem na tabela de classificação do Estadual.

O resultado não foi bom para o América. Após o começo vitorioso na rodada inicial contra o Democrata-GV, o Coelho não manteve o bom momento e perdeu uma ótima oportunidade de segurar a liderança do Estadual. O empate tirou o time alviverde da liderança e o colocou no quarto lugar da tabela com quatro pontos.

A URT, que também abriu o Campeonato Mineiro com vitória sobre a Caldense, também perdeu uma chance interessante de se manter entre os primeiros colocados. A equipe de Patos de Minas encarou o Coelho de frente e com interesse na vitória, fator que deve ser levado em consideração. O empate deixou o time patense fora do G-4, na quinta colocação, com quatro pontos.

O América dá um tempo no Campeonato Mineiro e passa a pensar na Copa do Brasil. O Coelho vai até Rio Branco, no Acre, encarar o Atlético Acreano, quarta-feira (8). O jogo será às 20h30 (horário local) – 23h30 no horário de Brasília – na Arena da Floresta. Pelo Estadual, o time alviverde volta a jogar contra a Caldense, em Poços de Caldas, domingo (12), às 19h30.

Já URT volta a campo diante do Democrata-GV, às 17hs, no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas.

Jogo aberto, mas sem capricho nas finalizações

Ambos os times entraram em campo dispostos a procurar pela vitória. Jogando em casa, o América-MG tentou impor o seu ritmo e conseguiu controlar o jogo nos minutos iniciais. O meia Gerson Magrão teve a primeira chance mais clara de gol, mas parou nas luvas do goleiro Juninho.

Após segurar o América-MG nos primeiros minutos, a URT passou a valorizar a posse de bola com boa alternância de passes e movimentação incessante de seus jogadores. No entanto, errava nos passes decisivos que resultariam em chances de gols. 

Na etapa final, ambos os times iniciaram o segundo tempo com a mesma vontade. O América-MG apostava em um meio-campo povoado, tendo cinco jogadores na armação das jogadas. Mesmo assim, o Coelho não encaixou bons passes. Os que resultavam em finalização a gol, eram abafados pelo goleiro Juninho.

Por sua vez, a URT seguia valorizando a posse de bola, encarando o América-MG se pressionar muito, optando pelo jogo mais defensivo e com o contra-ataque a seu favor. No entanto, defensivamente, o Coelho conseguia se segurar. 

O técnico Enderson Moreira ainda sacou Matheusinho e Felipe Amorim para as entradas de Marion e Mike. Ambos deram mais velocidade a equipe, que passou a pressionar incessantemente. Porém, na hora de arrematar a gol, não resultava em bola na rede.

VAVEL Logo