Guia VAVEL do Brasileirão Série B 2017: América-MG
Arte: Hugo Alves/VAVEL,com

Sempre um concorrente direto ao acesso a Série A, e porque não, ao título do Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão, o América-MG é um dos principais participantes da competição na temporada 2017. No ano passado, foi rebaixado do Brasileirão, ficando na 20ª colocação, com apenas 28 pontos somados em uma campanha que incluem sete vitórias, sete empates e 24 derrotas. 

Apesar do rebaixamento para a Série B do Brasileirão, o América-MG é um grande candidato as primeiras colocações. Campeão em 1997, e sempre acumulando boas participações, ter o Coelho na segunda divisão só abrilhanta o campeonato que promete ser um dos mais concorridos dos últimos tempos. 

Escalação: chegada de reforços podem apresentar mudanças na formação inicial

Após a eliminação no Campeonato Mineiro nas semifinais perante o Cruzeiro, o América-MG saiu ao mercado para buscar qualificar o elenco alviverde que estava carente de atletas experientes. Com o tempo, e as liberações vindas da CBF, o técnico Enderson Moreira poderá alterar o time. 

Destaque: o Coelho tem um verdadeiro paredão em baixo das traves

Desde que chegou ao América, o goleiro João Ricardo transmite confiança ao torcedor americano. Nascido João Ricardo Riedi, e natural de Mariano Moro, no Rio Grande do Sul, o camisa 1 do Coelho tem 28 anos e está no auge de sua forma física e técnica. 

Foto: Divulgação/América-MG

Importante no acesso a Série A em 2015 e na conquista do título mineiro em 2016 após 15 anos de jejum estadual, João Ricardo é quase sempre elogiado pelas atuações, pelo espírito de liderança no grupo americano e por ser essencial ao Coelho nos momentos em que mais se precisa de um goleiro. 

Por isso, João Ricardo, um verdadeiro paredão em baixo das traves do América-MG é o destaque do Coelho.

Fique de olho: Christian, uma promessa no meio-campo do Coelho

Christian Savio Machado, ou simplesmente Christian é uma jovem promessa americana pronta para despontar no futebol brasileiro. Com seus 21, distribuídos em 1,75m e 71kg, o volante do Coelho apareceu entre os profissionais em 2016, e se reafirmou no elenco do América-MG na atual temporada. 

Foto: Divulgação/América-MG

Christian ganhou a condição de titular durante o Campeonato Mineiro e na bola. Sem entrar no time por uma suspensão de um companheiro ou um jogador lesionado, o volante americano tomou conta da posição, fez excelente dupla com Gustavo Blanco, marca bem e sai para o ataque com a mesma qualidade. 

As qualidades do jovem volante serão cada vez mais evidenciadas em um futuro muito próximo. A participação na Série B dará ainda mais experiência ao garoto. Por isso e muito mais, é que Christian é o "fique de olho" do América-MG. 

Técnico: Enderson Moreira pode repetir a excelente campanha de 2012

Enderson Moreira é o treinador que chamamos de revelação do futebol brasileiro entre os técnicos. Com uma safra de profissionais interminável, Enderson vem se estabilizando como um nome sempre na pauta dos clubes de qualquer divisão no futebol nacional. 

Começando a carreira nas categorias de base do Cruzeiro, rodou por vários clubes do futebol brasileiro. Foi campeão da Série B com o Goiás em 2012 com uma campanha quase perfeita. Tal façanha o credenciou para treinar Grêmio, Santos, Fluminense, Atletico-PR até chegar ao América-MG na temporada passada.

Foto: Divulgação/América-MG

Com uma missão ingrata pela frente em 2016, Enderson Moreira não conseguiu livrar o Coelho do rebaixamento nacional, mas deixou uma boa impressão dando ao elenco americano competitividade, maturidade e coragem para encarar os adversários, mesmo sendo tecnicamente inferior. 

Por isso, Enderson Moreira tem todos os pré-requisitos para levar o América-MG de volta à primeira divisão nacional.

Estádio: Independência é a casa do América-MG

Com capacidade para pouco mais de 23 mil pessoas, o Independência é a casa do América-MG. O campo sediado no bairro Horto, em Belo Horizonte-MG, inaugurado oficialmente em 1950, pertence ao Coelho desde 1986, quando o ex-governador de Minas Gerais Newton Cardoso cedeu o estádio para o Coelho em regime de comodato por 30 anos. Anteriormente, o campo pertencia ao Sete de Setembro. 

Foto: Divulgação/Arena Independência

Em 2009, ele foi entregue ao governo de Minas para reformas visando a Copa do Mundo de 2014. Foi inaugurado no final de 2011 e teve suas primeiras partidas realizadas em 2012. Atualmente, a gestão do estádio pertence a BWA, em contrato com o governo estadual por dez anos. Em 2029, o campo do Horto será devolvido integralmente ao Coelho. 

Posição em 2016: Coelho amarga rebaixamento na Série A

O ano de 2016 começou bem demais para o América-MG. Campeão mineiro vencendo o Atlético, o Coelho entrou com tudo acreditando que a equipe campeã estadual era suficientemente qualificada para o Campeonato Brasileiro. 

O engano foi total. O América-MG fez uma campanha vergonhosa, trocou de treinador três vezes, tentou qualificar a equipe, mas o investimento não rendeu nenhuma produtividade. O Coelho foi rebaixado para Série B após perder para o Flamengo por 1 a 0, no Mineirão. 

Expectativa para 2017: América-MG é postulante ao acesso

A Série B para o América-MG é um campeonato onde o clube é sempre declarado como um dos principais candidatos ao acesso para a Série A, e porque não, ao título brasileiro. No entanto, com concorrentes pesados do calibre de Internacional, Santa Cruz e Ceará, o Coelho tem capacidade para ser um dos primeiros colocados. 

Tudo dependerá da dedicação, entrega e comprometimento dos jogadores. Os jogadores que estão a serviço de Enderson Moreira são qualificados teoricamente, mas tudo se resolverá em campo. Aposto que o América-MG ficará entre os quatro primeiros e retornará a Série A do Brasileirão.

VAVEL Logo