Sport e São Paulo fazem jogo equilibrado e empatam sem gols na Ilha
Foto: Williams Aguiar/Sport Recife

Sport e São Paulo entraram em campo decididos a buscar o resultado positivo. O jogo foi realizado na noite desta quarta-feira (14), na Ilha do Retiro, no Recife/PE, válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2017. Eficientes na marcação, mas falhos no ataque, as equipes disputaram uma partida bem equilibrada, com poucas chances de gol, e o marcador não foi alterado.

Com o empate sem gols, nada mudou em relação ao posicionamento de ambos na tabela de classificação. O Tricolor paulista ocupa o quinto lugar, com 10 pontos ganhos, conquista o primeiro ponto fora de casa e permanece entre o grupo de classificados às competições sul-americanas. O rubro-negro pernambucano permanece na metade inferior da tabela e ocupa provisoriamente o 13º lugar, com oito pontos somados até aqui. As posições podem variar, a depender dos resultados que complementam a jornada.

A próxima rodada será disputada nesse fim de semana e os clubes entram em campo no domingo (18). O São Paulo recebe o Atlético-MG às 16 horas no Morumbi. Por sua vez, o Sport mede forças contra o Vitória às 19 horas, em mais uma partida a ser disputada na Ilha do Retiro.

Foto: Williams Aguiar|Sport Recife

São Paulo com mais posse de bola no primeiro tempo

O primeiro tempo foi de muito equilíbrio. Apesar do mando de campo do Sport, o São Paulo tinha mais posse de bola e buscava mais a meta adversária. O Tricolor começou o jogo mais presente no campo de ataque e teve a primeira chance depois de contra-ataque iniciado por Wellington Nem. O atacante acionou Thomaz no lançamento em profundidade. O meia passou por um marcador e chutou por cima. Em seguida, Cícero subiu na área e cabeceou com muito perigo.

O Sport era eficiente na marcação, mas não tinha nenhuma criatividade. Por isso, o São Paulo aparecia com mais destaque na etapa inicial, embora não assustasse. Faltava mais inteligência e paciência em alguns lances, uma vez que tinha o contra-ataque a seu favor. A primeira boa chance dos rubro-negros veio apenas na reta final. Thomás deu preciso lançamento para André. O centroavante chutou forte e Renan Ribeiro fez bela defesa.

Era um jogo concentrado nos desarmes, onde os principais responsáveis pela função cumpriam bem com suas responsabilidades no jogo. Os visitantes quase abriram o placar no primeiro tempo. Marcinho fez bela jogada na lateral direita, cruzou para Lucas Pratto na área, e o atacante chutou no canto esquerdo defendido por Magrão.

Foto: Williams Aguiar|Sport Recife
Foto: Williams Aguiar|Sport Recife

Ineficiência no ataque resulta em placar inalterado

No segundo tempo, o jogo foi mais aberto. Embora a contenção permanecesse bem calibrada, as equipes saíram mais ao campo ofensivo para sair com o resultado positivo, uma vez que o jogo proporcionava possibilidades das duas equipes marcarem. Diferente da primeira etapa, o Sport chegou primeiro. André foi acionado e tentou finalizar na saída de Renan Ribeiro, mas o toque por cobertura acertou em cheio o rosto do arqueiro são-paulino.

Os treinadores realizaram modificações com o objetivo de melhorar a transição entre meio e ataque, aumentar a eficiência entre a construção e a finalização das jogadas. Mas as oportunidades custavam a aparecer, ou por falta de precisão ou pela zaga prevalecer. Lucas Fernandes era o principal jogador do São Paulo em tentar abrir o marcador, mas os meio-campistas e atacante usados por Rogério Ceni não cumpriram bem sua função.

Na reta final da partida, cada equipe teve uma oportunidade de perigo para abrir o marcador, mas os times não foram eficientes. O Leão da Ilha chegou com Éverton Felipe. Na grande área, o meia resolveu finalizar em vez de fazer o cruzamento e Renan Ribeiro se esticou todo para espalmar e fazer a defesa. Nos acréscimos, o Tricolor respondeu em uma jogada entre os atacantes. Lucas Pratto cruzou na cabeça de Gilberto e o centroavante cabeceou no canto do gol. Como aconteceu recentemente, Magrão pulou, salvou o Sport e o marcador foi inalterado nessa noite.

VAVEL Logo