Sport bate Santos na Vila Belmiro em primeira vitória fora de casa no Brasileiro e deixa Z-4
(Foto: Ivan Storti / Santos Futebol Clube)

Santos e Sport Recife travaram um duelo bastante equilibrado na Vila Belmiro na noite deste sábado (24). Eficiente na marcação e mais objetivo em suas investidas ofensivas, o Leão conseguiu a vitória com gol de Osvaldo e conquistou seus primeiros três pontos longe de Recife no Campeonato Brasileiro deste ano.

O resultado desta 10ª rodada derrubou também a invencibilidade de cinco jogos da equipe santista, que havia vencido quatro dos seus últimos cinco duelos. Com a vitória, o clube recifense chegou aos 12 pontos e dorme na 12ª posição, podendo voltar à zona de rebaixamento amanhã, a depender dos outros resultados da rodada. Já o Peixe, segue no 3º lugar, mas pode perder sua vaga no G6 caso os resultados do domingo não sejam favoráveis.

Os Rubro-negros voltam a campo na próxima quarta às 21:45, para enfrentar o Salgueiro no Cornélio de Barros pela final do Campeonato Pernambucano, quase dois meses depois do jogo de ida, empatado em 1x1 na Ilha do Retiro. Já o Santos também joga na quarta, mas contra o Flamengo pela Copa do Brasil, às 21:45 na Ilha do Urubu.

Sport mais inteligente no primeiro tempo

Por jogar em casa e estar bem colocado na tabela, se esperava um Santos ditando o ritmo do jogo. Porém, o que se viu  em campo foi um Sport bem postado na marcação e os donos da casa tendo dificuldades para criar, assustando somente aos 15 minutos, quando Kayke recebeu de Copete e saiu na cara do gol, mas de frente com Magrão, finalizou para fora.

A resposta dos visitantes não tardou, e aos 21 Diego Souza deu belo passe para Lenis, mas Vanderlei cresceu no lance e fez boa defesa no chute do atacante leonino, que no rebote, tentou encobrir o goleiro, mas finalizou por cima.

O Leão seguiu equilibrando a partida, com uma marcação bem ajustada, dificultando as chegadas dos alvinegros. Ainda assim, o Santos conseguiu levar perigo em dois lances, primeiro na cabeçada de Copete, que recebeu cruzamento de Lucas Lima, e depois no chute colocado de Kayke, que tirou tinta da trave.

Osvaldo sai do banco e decide o duelo

Na segunda etapa, o confronto seguia equilibrado. Mesmo diante de seus torcedores, o Peixe não conseguia levar perigo ao gol de Magrão, tentando chegar ao gol com ligações diretas. Os pernambucanos, conseguindo jogar da forma planejada, assustaram primeiro no segundo tempo, em chute cruzado de André que passou para fora aos 17 minutos.

Jean Mota teve, aos 23 minutos, a melhor chance dos paulistas no jogo. Após Magrão afastar parcialmente o cruzamento de Kayke, o lateral esquerdo santista, tendo o gol praticamente livre, encheu o pé e isolou por cima da meta, desperdiçando uma chance que viria a custar caro.

Diego Souza cobrou falta na boca do gol aos 34 minutos, o zagueiro Henriquez se atirou na bola, mas mandou por cima. Mas um minuto depois, a chegada leonina viria a ser fatal: jogada de linha de fundo de Lenis, que errou o passe, mas o zagueiro Noguera errou ao tentar cortar e a bola sobrou para Osvaldo finalizar e marcar o único gol da partida, que foi bem administrada pelos Rubro-negros e não teve mais lances de perigo.

 

VAVEL Logo