Nelsinho Baptista exalta produção do Sport na estreia da temporada: "Difícil por ser primeira partida"
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

O empate entre Flamengo de Arcoverde e Sport em 0 a 0, nesta quarta-feira (18), no estádio Áureo Bradley, em Arcoverde, válido pela estreia do Campeonato Pernambucano, não foi como o técnico Nelsinho Baptista planejou com seus atletas durante a semana. A situação do gramado repercutiu negativamente em coletiva com o treinador após a partida. 

''Eu acho que esse foi o maior adversário não só do Sport, mas também do adversário. Um gramado que não ofereceu condições mínimas de se jogar um futebol tecnicamente. O nosso time principalmente fugiu das suas características, porque não tinha essas condições de fazer com que as jogadas fluíssem por baixo. Então, realmente foi muito complicado jogar em um gramado dessa forma. Lógico que a gente reconhece que é uma festa no interior. O torcedor de Arcoverde foi muito educado, mas a gente pega nesse lado do gramado. Realmente não é desculpa, mas atrapalha demais'', argumentou Nelsinho. 

Perguntado sobre se o time passará por algum tipo de modificação para a próxima partida, Nelsinho Baptista alegou que a ideia é seguir com o mesmo modelo no qual está sendo implantado nos treinamentos. ''Não muda não. Eu acho que equipe se suplantou, fugiu da sua caracteriza individual, coletiva e buscou. No segundo tempo principalmente a equipe já pegou mais, já jogou mais, já guerreou mais. Jogar no interior é sempre difícil e principalmente com um gramado desse você tem que fugir das suas características'', destacou.  

A forte marcação do Tigre ofereceu bastante trabalho aos rubro-negros. Em vista disso, Nelsinho Baptista afirmou que precisou usar diferentes variações para tentar se sobressair do desconforto gerado pelo Flamengo de Arcoverde.

''Nós estávamos tentando jogar por baixo e a marcação do adversário estava sendo muito boa, e no primeiro tempo nós estávamos tomando muito contra-ataque, muita velocidade. Então, nós pedimos que tivesse uma variação de uma bola longa e uma bola curta. E aí pelo menos conseguimos manter o ritmo de jogo favorável para nós bem postado atrás e sem perigo'', comentou.  

Por fim, Nelsinho salientou que não saiu com a cabeça erguida da partida, mas acredita que por ter sido o primeiro jogo soube assimilar que seus atletas tentaram produzir. ''Não saio satisfeito pelo gramado, mas pelo que a equipe produziu sei que é difícil por ser primeira partida. Nós enfrentamos aqui um adversário muito motivado e logicamente nós não podemos também desprezar esse resultado. Vai ser bom para a gente'', frisou. 

Com o resultado, o Leão somou o primeiro ponto na competição estadual. O próximo duelo do Sport pelo Campeonato Pernambucano será contra o Afogadense, neste sábado (21), às 18h30, na Ilha do Retiro. Já o Flamengo de Arcoverde, vai enfrentar o Belo Jardim no Joaquim Brito, domingo (22), às 16h. 

VAVEL Logo