Bahia empata sem gols diante do Botafogo-PB e avança às semifinais do Nordestão
Felipe Oliveira/EC Bahia

Bahia empata sem gols diante do Botafogo-PB e avança às semifinais do Nordestão

Esquadrão de Aço aproveitou vantagem adquirida no primeiro confronto; time criou chances, mas errou na pontaria

tainanmelo
Taynã Melo
BahiaDouglas Friedrich; João Pedro, Tiago (Lucas Fonseca, min. 45), Everson e Mena; Edson e Flávio; Zé Rafael, Régis e Élber (Allione, min. 45); Júnior Brumado (Kayke, min. 73). Técnico: Guto Ferreira.
Botafogo-PBSaulo; Djavan, Walber, Lula e Carlos Renato (Daniel Nazaré, min. 65); Rafael Jataí e Allan Dias; Dico, Marcos Aurélio (Marquinhos, min. 80) e Mazinho (Alex Gonçalves, min. 60); Nando. Técnico: Leston Júnior.
ÁRBITRONielson Nogueira Dias (PE), auxiliado por Marcelino Castro de Nazaré (SP) e Ricardo Bezerra Chianca (PE) | Cartão amarelo: Rafael Jataí (BOT, min. 53)
INCIDENCIASSegundo confronto válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste 2018, disputado no Estádio de Pituaçu, em Salvador/BA

O Bahia tinha a vantagem do empate diante do Botafogo-PB para seguir em busca de mais um título na Copa do Nordeste. Atual vencedor do torneio, o sonho continua. Na noite desta quinta-feira (3), no Estádio de Pituaçu, em Salvador/BA, as equipes voltaram a medir forças pelo segundo duelo válido pelas quartas de final do torneio regional. Em jogo aberto, com boas chances de gol principalmente no primeiro tempo, o placar permaneceu inalterado em toda a partida.

No começo do jogo, o Bahia tentou fazer valer o mando de campo para buscar mais conforto em relação ao panorama do confronto, uma vez que tinha a vantagem a seu favor. Os comandados de Guto Ferreira adiantaram suas peças para impedir qualquer surpresa do clube paraibano. A primeira boa chance dos mandantes veio aos 13 minutos. Élber arriscou de longe e acertou em cheio a trave. Zé Rafael ficou com a sobra e chutou para o gol vazio. O zagueiro Walber apareceu em cima da linha e salvou. Zé Rafael teve nova chance e mandou por cima. Na jogada seguinte, o meia cruzou rasteiro e Júnior Brumado não chegou a tempo de completar o lance.

A pressão tricolor continuava. Júnior Brumado ajeitou para Régis. O meia encheu o pé e o goleiro Saulo fez espetacular defesa. Na sequência, Zé Rafael recebeu cruzamento na linha da pequena área, mas mandou por cima. Pouco tempo depois, Júnior Brumado chegou a balançar as redes após cabeceio, mas estava impedido e o lance foi anulado. A única chance mais perigosa do Belo foi com Dico. O volante bateu cruzado depois de descer em velocidade pela esquerda e o goleiro Douglas Friedrich saltou para fazer boa defesa.

Felipe Oliveira/EC Bahia

O Botafogo-PB fez no início do segundo tempo mais do que tinha feito em toda a etapa inicial, pelo menos em questão ofensiva. Aos dois minutos, Marcos Aurélio encheu o pé em cobrança de falta e Douglas Friedrich defendeu. Um pouco assustado, o Bahia segurou o máximo a bola para frear o ímpeto alvinegro. Os donos da casa responderam pouco depois. Após tabela entre Zé Rafael e Régis, Allione recebeu e bateu rasteiro. Acertou a trave esquerda defendida por Saulo.

O Belo atacou novamente quando Nando aproveitou sobra para emendar um chutaço. Nova defesa de Douglas. Os paraibanos tinham tranquilidade em colocar a pelota nos pés, mas faltava a conclusão. Como o Bahia era ineficaz no ataque, o baixo aproveitamento das finalizações resumiu toda a partida. Zero no placar e Tricolor classificado, à espera do vencedor de Ceará x CRB para saber qual será seu adversário nas semifinais.

Os times voltam a entrar em campo no próximo domingo (6), pelo Campeonato Brasileiro. Na Série C, o Botafogo-PB vai defender a manutenção da liderança do Grupo A em duelo contra o ABC, no Estádio Frasqueirão, em Natal/RN. Pela Série A, o Bahia enfrenta o Sport às 19 horas, na Ilha do Retiro, no Recife/PE.

VAVEL Logo

Esporte Clube Bahia Notícias

há 8 dias
há 13 dias
há 16 dias
há 16 dias
há 19 dias
há 20 dias
há 20 dias
há 21 dias
há 21 dias
há 23 dias
há 25 dias