Avaí bate Coritiba na Ressacada e segue firme no G-4

Jogando em casa, Leão vence por 2 a 0 e assume a terceira posição na tabela da Série B; Coxa pode deixar grupo de acesso até o fim da rodada

Avaí bate Coritiba na Ressacada e segue firme no G-4
(Foto: Jamira Furlani/Avai F.C.)
Avaí
2 0
Coritiba
Avaí : Aranha; Fagner Alemão, Betão, Airton; Lourenço (Carlos Alberto, Min 16, 2ºT), Judson, Matheus Barbosa, Renato, Capa (João Paulo, Min 47, 2ºT); Rômulo, Rodrigão ( Marquinhos, Min 40, 2ºT). Técnico: Geninho
Coritiba : Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelvin, Alex Alves, William Matheus; Vitor Carvalho, Vinicius Kiss (Nathan, Min 25, 2ºT), Yan Sasse, Chiquinho (Pablo, Min 29, 2ºT), Alecsandro, Iago Dias (Alisson Farias, Min 17, 2ºT). Técnico: Eduardo Baptista
Placar: 1-0, Min 18/2ºT, Capa. 2-0, Min 44/2ºT, Marquinhos
ÁRBITRO: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, auxiliado por Wendel de Paiva Gouvea e Daniel do Espírito Santo Parro, todos do RJ. Amarelos: Judson e Marquinhos (AVA); Alex Alves, Vinicius Kiss e Iago (COR)
INCIDENCIAS: Partida válida pela décima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC. Público total: 4.376 torcedores

O Avaí venceu o Coritiba na Ressacada e agora é o terceiro colocado na Série B do Campeonato Brasileiro com 18 pontos. O Coxa, quarto colocado, tem 17. No confronto direto por posição no G-4, o time catarinense levou a melhor e venceu a partida por 2 a 0, gols de Capa e Marquinhos, de pênalti.

O primeiro tempo foi disputado, com as duas equipes buscando o gol e esbarrando em boas defesas de ambos os goleiros. O Avaí foi relativamente melhor, com maior posse de bola e seis finalizações, contra duas do adversário. Os donos da casa rodavam e trabalhavam a bola no campo do Coxa, chegando pela primeira vez logo aos 4 minutos de jogo com finalização de Renato para defesa de Wilson, mas o primeiro lance de perigo foi aos 16. Rodrigão aproveitou a saída de bola errada de Wilson e chutou colocado quase abrindo o placar.

Aos 26, após Lourenço cobrar escanteio, Airton cabeceou forte e acertou a trave. Em mais uma boa chance de gol, Rômulo escapou pela esquerda aos 29 minutos mas foi travado por Leandro Silva na hora do arremate. Aos 43, mais uma boa intervenção do goleiro, em chute forte de Rodrigão.

O Coritiba teve apenas uma chance real de gol durante a primeira etapa, aos 42 minutos. O atacante Iago tirou da marcação e soltou uma bomba de longe. Aranha espalmou e evitou o gol dos visitantes.

Na etapa final, o Avaí voltou mais ofensivo ainda e decidido a conquistar os três pontos junto de sua torcida. Com um minuto de segundo tempo, Matheus Barbosa chegou na área, mas finalizou mal, desperdiçando uma boa chance.

A postura do Leão surtiu efeito e equipe abriu o placar aos 18 minutos. Aproveitando mais um erro de passe de Vinicius Kiss, Rômulo enfiou para Capa, que bateu forte e tirou do goleiro, 1 a 0 para o Avaí. Vendo sua equipe sucumbir a pressão, o técnico do Coritiba, Eduardo Baptista, fez duas alterações, colocando dois atacantes, Nathan e Pablo.

Aos 38 minutos, o menino Nathan teve a chance de ouro de empatar a partida. Após receber belo passe de Alisson Farias, chutou com força e exigiu muito reflexo do goleiro Aranha, que defendeu com os pés. Geninho, treinador do Avaí, tirou o atacante Rodrigão aos 40 minutos e colocou Marquinhos, ídolo do Leão.

Aos 42 veio o lance decisivo. Marquinhos, que havia acabado de entrar, bateu falta para dentro da área buscando a infiltração de Renato, que foi derrubado por Nathan. Pênalti marcado. O meia foi para a bola e bateu sem chances para Wilson: 2 a 0 para o Avaí e números finais na Ressacada. Destaque para o gol de número 94 de Marquinhos com a camisa azul e branca. O jogador, que deve se aposentar no fim deste ano, busca atingir a marca de cem gols pela equipe.

Vitorioso, o Avaí volta a campo sexta-feira (15), às 20h30, contra o Boa Esporte, fora de casa. Já o Coritiba, visitará o Juventude na segunda-feira (11), às 18h. Os confrontos serão válidos pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.