Embalado por vitória em clássico, Bahia enfrenta Cerro-URU pela Copa Sul-Americana
Bahia realizou último treino nestra terça. (Foto:Felipe Oliveira/EC Bahia)

Embalado por vitória em clássico, Bahia enfrenta Cerro-URU pela Copa Sul-Americana

Tricolor enfrenta clube uruguaio pela segunda fase da competição continental

Zeca5
Zeca Lemos
BahiaAnderson; Flávio, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore (Edson), Elton, Zé Rafael (Régis), Vinícius; Edigar Junio (Marco Antonio) e Gilberto Técnico: Enderson Moreira
Cerro-URUYonatan Irrazábal; Christian Núñez, Juan Manuel Izquierdo, Guillermo Rodríguez, Leandro Zazpe; Leandro Paiva, Gonzalo Porras, Lucas Tamareo, Felipe Klein; Franco López e Nicolás González. Técnico: Fernando Correa
ÁRBITROMichael Espinoza-PER Assistentes: Jesus Sanches-PER e Coty Carrera-PER
INCIDENCIASPartida válida como jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. O confronto ocorrerá às 21h45 no estádio de Pituaçu, e Salvador

Embalado pela goleada sobre o rival Vitória por 4 a 1 no último domingo, o Bahia tira o foco da Série A e volta suas atenções para a dsiputa da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira (25), a equipe nordestina recebe o Cerro, do Uruguai, no estádio de Pituaçu, pela partida de ida da segunda fase. A partida está marcada para 21h45.

O Bahia vem de confronto com o Blooming na primeira fase do torneio. Após estreia com derrota por 1 a 0 fora de casa, os brasileiros aplicaram 4 a 0 em Salvador e garantiram a classificação. O time, que não perde há quatro jogos na Série A e avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil, conta com um bom retrospecto em casa para ir adiante na competição continental. O técnico Enderson Moreira pretende poupar alguns atletas do confronto desta quarta-feira. O Cerro, por sua vez, passou pelo Sport Rosario, com um empate sem gols fora de casa e vitória por 2 a 0 no estádio Luis Tróccoli, em Montevidéu.

Bahia tem postura diferente

O treinador Enderson Moreira não confirmou o time titular que vai mandar a campo nesta quarta-feira, mas não deve promover muitas mudanças em relação à equipe que venceu o clássico. A principal alteração deve ser o retorno de Nino Paraíba na vaga de Bruno na lateral-direita, após cumprir suspensão na Série A. No ataque, Edigar Junio volta a ficar à disposição e disputa a posição com Gilberto, titular e autor de um dos gols no domingo.

Vinícius, um dos destaques do time nesta temporada e autor do segundo gol contra o Vitória, ressaltou a importância de ter uma postura diferente contra adversários estrangeiros. “A gente sabe como é. Gringo, uruguaio, é complicado. A gente vai ter que ser muito maduro porque é um grande adversário e não será fácil”, comentou o meia.

Cerro quer manter invencibilidade

Além de lutar pela classificação no torneio continental, o Cerro vem ao Brasil para defender uma invencibilidade que já dura 15 partidas, com oito vitórias e sete empates no Campeonato Uruguaio.

O time do comandante Fernando Correa possui como principal destaque justamente um brasileiro: o meia-armador Felipe Klein de 31 anos. Revelado pelas categorias de base do Internacional, o atleta passou por clubes como Novo Hamburgo, Fortaleza e Icasa até acertar com o Cerro, em 2016. Desde então, é titular absoluto da equipe uruguaia e deve ser presença garantida no jogo desta quarta.

VAVEL Logo