Presidente da Chapecoense descarta saída de Guto Ferreira após derrota para o Flamengo
"Não existirá mudança", disse Maninho (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Presidente da Chapecoense descarta saída de Guto Ferreira após derrota para o Flamengo

Maninho garante continuação do treinador ao menos até a próxima rodada

gustavomilioli
Gustavo Milioli

Após mais uma derrota da Chapecoense no Campeonato Brasileiro, desta vez para o Flamengo, o presidente do clube, Plínio de Nes Filho, afirmou em entrevista coletiva que não pensa em mudanças no comando técnico em dado momento. Com apenas uma vitória nos últimos sete jogos, os comandados de Guto Ferreira ocupam a vice-lanterna da competição.

Ao menos até quinta-feira, quando a Chape recebe o Atlético-PR em jogo atrasado da 20ª rodada, Guto permanece na equipe. Maninho explicou que a decisão se deu a partir dele, que não quer perder a cautela nesta situação de má fase.

+ Confira as ofertas de nosso parceiro Futfanatics 

Confirmo até quinta-feira a presença dele. Ele é o técnico. Vou conversar com a diretoria para que eles entendam esse momento. Vamos fazer uma análise muito grande. Entendo a imprensa e torcedores, mas eu como presidente do clube, tenho que em primeiro lugar ter racionalidade em decisão. Não posso tomar uma decisão que podei me prejudicar mais ainda na frente”, disse o presidente.

Maninho destacou a sequência difícil que o time catarinense vinha enfrentando no Brasileirão, precisando encarar Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Flamengo em um curto espaço de tempo.

São os quatro maiores do Brasil e que procuram uma colocação melhor a cada rodada. Qual o nosso ponto fora de curva? Vasco e Paraná. Então temos dois jogos que poderíamos dizer que não conseguimos o que poderia.”

Na próxima quinta (13), às 20h, a Chape tem a chance de se reabilitar em casa contra um adversário direto. Partida que ganha caráter de ‘vida ou morte’ para o mandatário verde e branco.

Temos que vencer ou vencer. Os jogos em casa contra Atlético-PR e outros clubes, temos que vencer. Temos um abatimento dos jogadores. A cada derrota é mais uma tentativa de puxar para fora essa situação. Todos estão comprometidos, convictos das obrigações, tanto que o esforço nunca faltou”, declarou.

Com 22 pontos em 23 rodadas, a Chapecoense está a dois pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Vasco.

VAVEL Logo

    Associação Chapecoense de Futebol Notícias

    há 4 dias
    há 4 dias
    há 7 dias
    há 11 dias
    há 14 dias
    há 18 dias
    há 18 dias
    há 20 dias
    há 20 dias
    há 20 dias
    há 22 dias