Com um a mais, Fortaleza bate Vila Nova com dois de Éderson e volta a vencer na Série B
(Reprodução/Fortaleza)

Com um a mais, Fortaleza bate Vila Nova com dois de Éderson e volta a vencer na Série B

Equipe cearense dominou segunda etapa, marcou dois no fim e garantiu triunfo após quatro jogos sem vitória; Tricolor do Aço se mantém na liderança

Caio__Vinicius
Caio Vinicius
FortalezaMarcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Adalberto, Bruno Melo. Felipe, Marlon (Éderson, min. 27, 2T), Dodô (Derley, min. 42, 2T); Romarinho (Rodolfo, min. 17, 2T), Marcinho, Gustavo.
Vila NovaRafael Santos; Moacir, Naylhor, Diego Giaretta, Gastón; Geovane, Wellington Reis, Alan Mineiro (Hélder, min. 16, 2T); Mateus Anderson (Washington, min. 40, 2T), Lucas Braga, A. Henrique (Rafael Silva, min. 23, 2T).
Placar1-0, min. 38 (2T), Éderson. 2-0, min. 42 (2T), Éderson.
ÁRBITROEmerson de Almeida Ferreira (PR). Auxiliares: Celso Luiz da Silva (PR) e Marcus Vinicius Gomes (SP).
INCIDENCIASPartida disputada na Arena Castelão, válida pela vigésima oitava rodada do Campeonato Brasileiro, Série B, 2018.

Fortaleza e Vila Nova se enfrentaram na noite desta sexta-feira (21), em jogo válido pela 28ª rodada da Série B. Jogando com um a mais desde o início da segunda etapa, o Leão do Pici venceu por 2 a 0 na Arena Castelão e reencontrou os três pontos.

Com o resultado, os cearenses chegaram a 50 pontos e seguem como líderes no torneio. Enquanto no outro lado, os goianos perderam a chance de entrar no G4 e estão empatados com o Atlético-GO, com 43 pontos na quinta posição. Eles ainda podem ser ultrapassados por Guarani e Avaí, que vem logo atrás na tabela e ainda não jogaram na rodada.

Ambos os clubes voltam a campo na próxima semana, pela vigésima nona rodada da competição. Na terça-feira (25), o Tricolor de Aço pega o São Bento, em casa, ás 19h15. Já o Tigrão recebe o Guarani na sexta (28), ás 21h30, no Serra Dourada.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

A partida começou truncada na Arena Castelão, com ambas os times travados no meio-campo e sem ameaçar nos minutos iniciais. Porém, um lance que chamou a atenção aconteceu com só alguns segundos de bola rolando. O lateral do Vila Nova, Gastón Filgueira, levou cartão amarelo por falta duríssima no atacante Romarinho.

A primeira chegada de perigo na partida foi aos 24. Em um lindo toque de calcanhar, Alan Mineiro tocou para Geovane, que deixou a bola na boa para Alex Henrique. O camisa 9 recuou para Mateus Anderson, que chegou batendo colocado e obrigou Marcelo Boeck a espalmar para fora. Aos 35, após levantamento na área, Naylhor ganhou no alto e cabeceou por cima da trave.

Os cearenses acordaram após quase sofrerem o primeiro gol do jogo no Castelão. Aos 36, Dodô viu espaço no meio, avançou, bateu forte, mas a bola saiu a esquerda do gol da equipe goiana, que respondeu em seguida. Tinga se enrolou e foi desarmado no próprio campo de defesa. Lucas Braga aproveitou o erro, levantou na área e o atacante Alex Henrique tentou o cabeceio, mas sem sucesso.

O fim do primeiro tempo foi se aproximando e a partida se acalmou novamente. Intervalo com o 0 a 0 no placar, mas com boas chances nos dois lados.

Com o início da etapa complementar, o Tricolor de Aço é quem voltou melhor. Logo aos 2, Marlon recebeu pelo lado esquerdo e tocou para Romarinho. O atacante arriscou de fora da área, mas a zaga desviou, afastando o perigo. Após ter iniciado a jogada, o camisa 11 criou mais uma oportunidade aos 5. O meia, pegando rebote, finalizou de prima e ela saiu por cima das traves.

E a vida dos donos da casa melhorou ainda mais alguns minutos após os lances. Aos 14, Marcinho arrancou em direção ao ataque, limpou dois marcadores, mas foi derrubado por Filgueira. O lateral, que já tinha amarelo, recebeu o segundo e foi expulso pelo árbitro.

O Fortaleza tomou conta das ações de vez a partir da expulsão. Com 20 minutos do segundo tempo, Marlon recebeu cruzamento de Tinga e cabeceou a esquerda do gol de Rafael Santos. O camisa 11 tinha bastante participação em campo até então. Aos 28, após algum tempo de pressão do Fortaleza, o Vila voltou a ameaçar. Moacir encarou a marcação pelo lado direito e finalizou forte, mas o arqueiro mandou para escanteio.

Com 37 da etapa final, o time cearense ganhou o que mais queria. Em lance de Rodolfo, o atacante finalizou e a bola bateu na mão do lateral Hélder. O árbitro viu a infração e marcou pênalti para o Tricolor de Aço no Castelão. Éderson foi pra bola, mandou no canto direito e ela entrou. O goleiro ainda foi nela, mas não evitou que abrissem o placar.

Só que o camisa 91 se empolgou. Aos 42, Marcinho arrancou e puxou contra-ataque. Ele tocou para Gustavo, que deixou para o atacante marcar o segundo dele na partida. Com o resultado a seu favor, os mandantes começaram a administrar o confronto e terminaram com os 3 pontos.

VAVEL Logo

    Fortaleza Esporte Clube Notícias

    há 10 dias
    há 10 dias
    há 20 dias
    há 20 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês