Goleira do Flamengo/Marinha, Kemelli participa de ação social em Santa Catarina

Goleira do Flamengo/Marinha, Kemelli participa de ação social em Santa Catarina

Em Concórdia, sua cidade-natal, a arqueira inaugurou a "Escolinha de Futebol Atletas do Rei" nesse domingo (16) e busca auxiliar as crianças da região, além das quatro linhas

rafalisboa
Rafael Lisboa

No recesso do futebol feminino, a goleira Kemelli Trugilho, titular do Flamengo/Marinha, inaugurou a Atletas do Rei, escolinha de futebol para crianças de 6 a 13 anos em Concórdia (SC), terra-natal da arqueira de apenas 19 anos, nesse domingo (16).

O projeto é a realização de um sonho da Kemelli, e que foi possível também graças a ajuda da pastora e da Igreja frequentada pela goleira. Antes da ação, a jogadora falou sobre a importância da escolinha para as crianças da cidade no oeste catarinense:

"Esse projeto é muito importante pelo fato de ser um sonho que tenho desde pequena. Eu sempre quis me tornar alguém com condições de ajudar quem precisa e, graças a Deus e ao pastor da minha Igreja, estou conseguindo abrir o projeto em um bairro carente de Concórdia. Vamos conseguir ajudar as crianças, dar suporte familiar e oportunidade no esporte".

Além de aulas de futebol, a Escolinha busca formar cidadãos que buscam atingir seus objetivos na vida, mesmo com todos os problemas. Para isso, serão oferecidas aulas uma vez por semana, além de acompanhamento psicológico e reunião com os pais dos alunos:

"A Escolinha de Futebol Atletas do Rei não se baseia somente no esporte, mas, sim, na criação de bons cidadãos. O intuito é mostrar que, mesmo com todas as dificuldades, as crianças podem sonhar em ser alguém na vida. Me sinto honrada em ser madrinha e inspiração. Ver brilho e esperança no olhar delas, e escutar que querem chegar onde eu cheguei, é gratificante. Cobramos notas, e queremos disciplina, humildade, honestidade, fé e força de vontade. É algo que vai além e, por isso, tem tanta importância", explica Kemelli.

Após o evento, a goleira revelou toda a emoção por ter participado e ter visto a felicidade no rosto das crianças que participaram da ação. Além disso, Kemelli fez uma reflexão, pedindo para que as pessoas tenham maior compaixão com quem necessita de ajuda, nem que seja com um abraço ou mostrar que essas pessoas não estão sozinhas no mundo:

"O evento foi maravilhoso, muito marcante para mim. De suma importância ver o brilho nos olhas das crianças, a alegria delas em ganhar os presentes, em ver o amor e o carinho que a gente tem por elas, é sensacional, uma sensação inexplicável. Um sentimento que não tem como se explicar, porque só quem está ali na hora consegue entender e ver o que esse projeto faz com elas, a importância (para as crianças), ver que ali é um refúgio, elas conseguem ver uma esperança de uma mundo melhor, de oportunidades, e realmente muitas conhecem o amor, que não encontram dentro de casa, por vários motivos. Espero que as pessoas consigam enxergar a importância de fazer o bem, de poder ajudar o próximo, no seu bairro, na sua cidade, sem precisar de um projeto, mas se você sabe que uma pessoa passa por necessidade, tendo muitos problemas, que você possa ajudá-la, muitas vezes até mesmo com um abraço, mostrando se importar, visitá-la. Eu acho que com isso a gente pode mudar o mundo, e espalhar o amor".

A Atletas do Rei também abriu uma arrecadação no site "Vakinha", para conseguir o dinheiro necessário para os organizadores da Escolinha possam adquirir os materiais necessários para o projeto, e possa também quitar as despesas com o evento realizado nesse domingo.

VAVEL Logo