Após classificação dramática, Tite critica arena gremista: "Absurdo a qualidade do gramado''
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Após uma classificação dramática diante do Paraguai, na decisão de pênaltis por 4 a 3, nesta quinta-feira (27), pela Copa América, Tite concedeu entrevista coletiva à imprensa. A partida, válida pelas quartas de final da competição sul-americana, aconteceu na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, estádio que vem sendo alvo de críticas pelas seleções participantes. Nas palavras, o técnico brasileiro foi mais um a reclamar das condições do gramado que, visivelmente, continua desgastado.

"Absurdo ter um campo com tanta dificuldade para tocar, é um absurdo a qualidade do gramado da Arena. Não se consegue ter um alto nível de futebol em qualquer lugar com esse tipo de gramado. Dificulta a articulação e a troca de passes. Você tem que dar três toques para finalizar, a bola fica pipocando. É inconcebível eu vir na segunda-feira aqui, ver que tem cinco pessoas trabalhando, no dia seguinte a mesma coisa e o gramado ainda estar prejudicado desse jeito", protestou o treinador.

Tite ainda lembrou de Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, que também já enfrentou problemas com as condições de jogo do estádio.

''A gente bate pelada, às vezes em gramado sintético, é rápido, a gente brinca. Vi declaração do Renato também a esse respeito. Nos cobrem acerto de passe e finalização. É um direito, e o técnico tem que vir e responder. Atleta é cobrado por mim. Me deem condições de campo e façam gramados melhores executados para termos uma noção melhor. Porque não sei quando errei. Ali estava bravo. Não vou falar mais sobre isso'', finalizou.

Agora é semifinal!

O Brasil volta a campo na próxima terça-feira, dia 2 de julho, às 21h30, no estádio do Mineirão. Quanto ao adversário, os brasileiros esperam o vencedor do confronto entre Argentina e Venezuela, que duelam nesta sexta-feira (28), no Maracanã. Quem avançar, enfrenta a Seleção Brasileira nas semifinais da Copa América.

VAVEL Logo