Hemerson Maria pede demissão do Figueirense: "Com essa gestão não tem como continuar"
Foto: Divulgação/Figueirense 

Hemerson Maria pede demissão do Figueirense: "Com essa gestão não tem como continuar"

Equipe sofre com salários atrasados de jogadores e funcionários; treinador afirmou que fez todos os esforços para que pagamentos fossem colocados em dia, mas não foi atendido

gustavomilioli
Gustavo Milioli

Hemerson Maria não é mais técnico do Figueirense. O treinador pediu demissão nesta segunda-feira (29) após uma reunião com a diretoria e o grupo de jogadores. A crise política e administrativa que passa o Alvinegro, além de discordâncias com a diretoria do clube, foram os principais fatores que pesaram na decisão.

Hemerson já havia desabafado na entrevista coletiva pós-jogo da última rodada. Afirmou que o time poderia até se recusar a jogar contra o Vitória em forma de protesto, perdendo por W.O. O elenco está sem treinar desde sexta-feira, sendo a segunda paralisação em menos de uma semana.

"É a primeira vez que peço demissão, nas outras vezes rompemos os contratos por resultados, mas sempre cumpri meus compromissos, pois gosto de trabalho de início, meio e fim. Eu conversei, alertei, lutei, implorei em determinado momento. O Figueirense tem um grupo de atletas honrados, mas eu, como comandante, não podia fazer vistas grossas e não me posicionar. Houve uma quebra de confiança e quando isso acontece é melhor deixar o caminho aberto para as partes seguirem. Jogadores e funcionários pediram para que eu ficasse, mas com a atual gestão não tem jeito de continuar", afirmou ao se despedir do estádio Orlando Scarpelli.

A diretoria do Figueira não cumpriu o acordo de quitar os atrasos salariais na última sexta. Em alguns casos, as pendências já chegam a três meses, e as dívidas do clube ultrapassam a marca dos R$ 100 milhões.

Depois de oito meses de trabalho, Hemerson Maria deixa o Figueirense com 14 vitórias, 14 empates e seis derrotas em 34 jogos. A equipa ocupa a 10ª colocação na Série B. O time entra em campo já nesta terça-feira (30) diante do Vitória, no Orlando Scarpelli.

VAVEL Logo