Vasco vai retomar atividades após anunciar que 16 jogadores foram diagnosticados com Covid-19
Foto: Divulgação/Vasco da Gama

Neste domingo (31), o Vasco da Gama divulgou uma entrevista com o diretor médico do clube, Marcos Teixeira, o médico Rodrigo Furtado e o coordenador científico Marcos Cezar. Entre as questões levantadas, foram divulgadas as medidas adotadas para o retorno das atividades da equipe.

De acordo com os profissionais, foram realizados 350 testes em cerca de 250 pessoas, entre eles jogadores, comissão técnica, staff, familiares e pessoas que moravam junto com funcionários. Essa testagem em massa revelou que 30% já tiveram contato com o vírus. 
 
No elenco do clube, 16 jogadores foram testados positivos para a Covid-19 e três já tiveram contato com o vírus. Os contaminados seguirão afastados do grupo com acompanhamento médico e exames seriados, até que estejam seguros para retornar às atividades.
 
Nesta segunda feira (1º), o clube iniciará a volta gradual com a realização de uma bateria de exames, avaliações médicas e fisiológicas.
 
O médico informou ainda que não haverá treino, seguindo as limitações impostas pela Prefeitura e pelos órgãos de saúde. Nesta segunda-feira (1º), só será permitida a entrada a entrada de membros da comissão, staff e jogadores, que não estejam diagnosticados com Coronavírus.
 
De acordo com o doutor Marcos Teixeira, o clube seguirá um protocolo rígido com procedimentos de segurança. Será realizada a medida da temperatura corporal, a avaliação da oxigenação do sangue, a realização de um questionário, evitando sempre aglomerações. Até o momento, o Rio de Janeiro registrou 514.849 casos e 29.314 mortes.
VAVEL Logo