Thiago Larghi pede reforços e muitas mudanças no Goiás após queda na Copa do Brasil
Foto: Divulgação / Goiás EC

Eliminado pelo Vasco na terceira fase da Copa do Brasil, o Goiás terá dedicação exclusiva ao Campeonato Brasileiro na sequência da temporada. Após uma sequência de três jogos sem vencer, o clube trocou de técnico e aposta em Thiago Larghi para dar a volta por cima. Após a derrota em Goiânia, ele voltou a pedir reforços.

"Obviamente a desclassificação é lamentável. A gente entende que para melhorar precisa de muitas mudanças. A torcida exige um Goiás com defesa sólida e uma equipe mais competitiva. O clube sabe que precisa se reforçar para o Campeonato Brasileiro. Esse foi só o primeiro jogo comigo, mas vamos precisar de um jogador de mais mobilidade no ataque. Nosso modelo vai precisar disso, mas todos os jogadores que chegarem serão bem-vindos", comentou ele, referindo-se à contratação do lateral-direito Edilson, ex-Cruzeiro e Grêmio, anunciado nesta semana.

O próximo contratado deve ser o meio-campista Elias, que está sem clube desde que deixou o Atlético-MG e já foi elogiado pelo técnico. A tendência é que o clube também dispense ou negocie alguns jogadores. 

"Só vi os gols ao vivo, ainda não vi pelo vídeo, mas foram bolas desviadas, é muito difícil de responder. O Tadeu é um grande goleiro, vai crescer e evoluir, tenho bastante confiança nisso. Diferente do clássico, a equipe foi novamente empenhada, mas hoje o adversário, na minha visão, era mais qualificado, então isso só isso não foi suficiente", concluiu Thiago Larghi.

O Esmeraldino volta a campo na próxima quarta-feira (2) diante do Corinthians, em casa, às 19h15, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo